Afinal, o que é esse tal de “turismo de experiência” que todo mundo está falando e parece que virou moda?

O turismo de experiência nada mais é do que imergir na cultura local do lugar visitado, envolvendo-se com a pessoas, experimentando o modo de viver daquela localidade, agregando emoções e sentimentos à viagem.

Ué! Mas não é esse mesmo que deveria ser o propósito de toda viagem? Sim! Mas o turismo de massa acabou deturpando um pouco o o conceito de turismo e muita gente, infelizmente, comprou a ideia.

O turismo de massa criou uma coisa chamada viagem-gincana, que consiste em ir para o maior número de lugares em um menor número de dias.

Também desconfio que o safári fotográfico foi  obra deles … o safári fotográfico consiste em fotografar tudo o que conseguir em pouco tempo. Quando chega em casa, você se senta no sofá, olha as fotos e fica tentado se lembrar em que momento da viagem você se deparou com aquilo: “será que passamos meeesmo por aqui? Não me lembro!”.

Eu sim, me lembro de um dia que acompanhando um grupo em Veneza e caminhando tranquilamente,  uma senhora me abordou e me pediu para eu tirar uma foto dela em frente à Ponte dei Sospiri. Tirei a foto, ela arrancou a câmera da minha mão e disse para amiga. “Ai! Graças a Deus! Acabamos os pontos turísticos de Veneza! E agora?” . Eram 11 horas da manhã…

“E agora?”. Fiquei tão triste por ela…pela sua ânsia de cumprir um protocolo e não ouvir o que seu coração, seu corpo e sua mente queriam naquele momento…naquele paraíso que é Veneza!

Por isso, quando comecei o blog tinha um objetivo muito claro: levar meus leitores para a verdadeira Itália, não para a Italy…

Isso não significa que os lugares turísticos ficarão de fora da viagem! De jeito nenhum! Todos os pontos e micos turísticos DEVEM ser incorporados no roteiro! Eu já paguei todos os micos que podem imaginar numa viagem à Itália: abracei gladiador, coloquei a mão no peito da Giulietta, segurei a torre de Pisa, pisei nos genitais do touro…

A única diferença é que você deve visitar estes lugares com consciência…lembra deste post que fiz aqui para uma viagem feliz? Volta lá para ler!

E foi seguindo este propósito que comecei a oferecer no blog o serviço de Roteiro Personalizado  e que criei a Viagem ITALIAna com os leitores .

Abaixo, fiz uma lista de 15 passeios que você pode fazer seguindo este conceito de viagem de experiência. E que serve para qualquer destino!

Inclua um (ou mais) destes passeios no seu roteiro de viagem e tenho certeza que não vai se arrepender!

Espero que goste das ideias e que elas te inspirem, renovem e emocionem!

1 – Fazer um curso para aprender italiano

Que tal se matricular em uma escola por uma semana? Uma experiência autêntica, divertida e cultural!

Torre di Babele - Roma

Turma do Intercâmbio 2015 na Torre di Babele

2 – Assistir um show do seu cantor preferido

Procure na programação cultural das cidades por onde vai passar se vai acontecer algum show durante o período que estiver lá. Foi o que aconteceu com o pessoal do Intercâmbio 2015: fomos para o show do Eros Ramazzotti!

show-eros

Show Eros Ramazzotti na Palalottomatica, em Roma

3 – Hospedar-se num agroturismo familiar

Já pensou em chegar na Toscana e se sentir em casa? Num agroturismo com administração familiar é isso o que vai acontecer!

Poggiarello

Agriturismo Il Pogiarello – Toscana

4 – Fazer um curso de culinária regional

Já levei meus grupos para aula de culinária com uma chef romana e para um curso de culinária toscana. A experiência é íntima e empolgante, você se sente pertencente ao território mesmo!

aula-culinaria

Curso de culinária toscana com a chef Beatrice

5 – Participar da colheita de azeitonas

E o que dizer de se meter no meio das oliveiras com os camponeses para ajudar na colheita? Essa eu não consigo nem descrever o sentimento! Vai ter que experimentar para saber como é …

colheita-azeitona-1

Colheita de azeitonas na Toscana

6 – Participar da vindima de uma vinícola

Sim! É possível! Colher uva e participar de alguma atividade na vinícola! Tem coisa mais italiana (e sonhada) que essa?

vindima

Vindima na Vinícola Muralia – Toscana

7 – Alugar uma bicicleta e se perder pelas ruas de uma cidadezinha

Descobrir a cidade sobre duas rodas pode te trazer um monte de surpresas! Na próxima viagem, considere alugar uma!

bike

Bairro Isola em Milão. Até em grandes centros é possível andar com a magrela!

8 – Visitar oficinas de artesãos locais e, quem sabe, colocar a mão na massa com eles?

Já tive oportunidade de visitar oficinas de artesãos de renda, máscara veneziana, papel, jóias, artefatos de couro. É divertido e muito interessante!

viagem-experiencia

Artesão de couro em Pienza. Fez várias pulseiras para mim!!

9 – Hospedar-se num apartamento

Hotel é ótimo! Mas que tal esticar a viagem, se hospedar por alguns  dias num apartamento e fazer de lá seu lar? Costumo fazer isso quando vou com milhas filhas e curtimos muito o dolce far niente italiano.

banner-afiliados

10 – Fazer compras no supermercado do bairro ou na feira da praça e preparar seu próprio jantar

Já dá até para colocar em prática o que aprendeu na aula de culinária!

viagem-experiencia

Participantes do intercâmbio de 2014 cozinhando em casa

11 – Participar de uma festa folclórica

A cidades italianas tem muitas festas folclóricas e sagras ao ar livre. Coincida sua viagem com uma destas festas!

IMG_0794

Calendimaggio – a festa medieval mais importante de Assis

12 – Fazer um pic nic

Que tal passar na feirinha, preparar uma cesta de gostosuras italianas e passar uma tarde preguiçosa no gramado de um parque lendo um livro?

13 – Sentar no banco de uma praça e ver a vida local acontecer

Velhinhos jogando boccia, noivos fotografando, crianças correndo…tudo pode acontecer numa praça italiana.

matrimonio-piazza

Nas praças encontra-se de tudo, principalmente noivos em sessão de fotos

14 – Que tal um vinho à beira mar? Sem pressa nenhuma…

IMG_1041

Castiglione della Pescaia – Toscana

15 – Assistir uma partida de futebol e torcer para o time da casa

partida-futebol

Participantes do Intercâmbio 2015 no Stadio Olimpico, Roma

Saiba como assistir uma partida de futebol clicando aqui

Gostou? Deixe aqui sua sugestão de passeios!

Quer programar algum destes passeios para a sua viagem? Contrate a consultoria de viagem ITALIAna!

Fotos de Ana Victor Carnevale e Gustavo Paravidin


Booking.com

Compartilhe!

Sobre o autor

Ana Grassi é especialista em língua, cultura e turismo para a Itália. Fundadora, autora e editora do blog ITALIAna, trabalha como travel designer há 10 anos; isso quer dizer que realiza o sonho dos viajantes que querem conhecer a Itália, com um roteiro personalizado e exclusivo!

10 Comentários

  1. Anaaaa quero participar das 15 experiências. Realmente o Turismo em Massa fez com que viajar seja uma verdadeira guerra contra o tempo, e este tipo de experiência que você realmente participa da vida do lugar é simplesmente maravilhoso e faz com que a viagem seja inesquecível.

  2. Ana, adorei o post! Nada como viajar sem pressa!! Mas tb concordo que a gente tem que visitar sim os pontos turísticos básicos, afinal foram eles que habitaram os nossos pensamentos desde criança e nos fizeram viajar para esse lugar!!! Mas a viagem é muita mais legal quando vai além disso! Ah, tô conseguindo comentar do pc agora! uhuuul

  3. Ana, venho sempre que posso ao seu blog navegar e gosto muito das postagens. Obrigado pela beleza e aprendizado compartilhados.
    Feliz natal, com alegria, serenidade, gentileza, amabilidade, sorrisos e felicidade para você e toda a sua família.
    Um abraço do Brasil.

  4. Valquiria on

    Bom dia!!
    Nossa!!! amei esta matéria, deve ter sido muito bom mesmo!!
    Parabéns!!

Deixe uma Resposta