Montalcino é uma província da Toscana conhecida mundialmente pelo famoso vinho Brunello, que leva o nome da região como sobrenome: BRUNELLO DI MONTALCINO.

Na minha última viagem pela Toscana, em outubro, dediquei um dia inteirinho para conhecer o Castello Banfi, um dos principais produtores de vinho da Toscana.

A vinícola foi fundada pelos irmãos ítalo-americanos Mariani em 1978 com o objetivo de elaborar vinhos de qualidade em grande escala.

banfi-vista

banfi-vista-1

A propriedade chamada Poggio Alle Mura possui 2830 hectares que se estendem do sul de Montalcino até o Val d’Orcia, um dos pedaços mais lindos da Toscana, na minha opinião. Um terço deste terreno é coberto de vinhedos e o restante é ocupado por oliveiras, árvores frutíferas e bosques. Dali saem os vinhos Brunello, Rosso e Moscadello di Montalcino.

Minha visita começou às 12h00 na Enoteca Banfi, um lugar enorme que recria o ambiente de um verdadeiro armazém toscano, com imponentes estantes e mesas de madeira escura. O prédio era, em época medieval, um depósito de vinhos e com o passar dos anos foi sendo aumentado e revitalizado até chegar no estado que vemos hoje.

banfi-enoteca banfi-enoteca-4

Assim que você chegar, dirija-se ao bar no fundo do salão. Ali você pode escolher os vinhos que quer degustar. Como almocei no Castello e já iria experimentar os vinhos tintos com os pratos, decidi experimentar os vinhos produzidos no Piemonte com o método clássico e charmat: Banfi Brut, Cuvée Aurora e Cuvée Aurora Rosé.

banfi-enoteca-6

Após a degustação saí às compras. Na Enoteca pode-se comprar todos os vinhos produzidos na Toscana e no Piemonte, além de produtos típicos toscanos. Claro que me empolgo nesses locais e acabei trazendo na mala 9 garrafas, a maior parte Brunello, já que o preço é muuuito conveniente, na faixa dos 40 Euros. Eles embalam muito bem, mas não expedem para o Brasil.

banfi-enoteca-3

banner-afiliadosÀs 13 horas começam a servir o almoço no restaurante Taverna Banfi, antiga cantina onde outrora repousavam os barris de madeira para o afinamento do Brunello.

banfi-almoço-2banfi-almoço-3

O ambiente refinado e elegante abre para o almoço e a reserva é obrigatória, pois são poucos os lugares disponíveis. Pode-se tanto escolher a la carte como escolher um dos menus de degustação. Eu escolhi o menu degustação 5 pratos + 5 vinhos. Podem rir…mas eu não pretendia de jeito nenhum perder a oportunidade de experimentar tudo o que coubesse (ou não) em mim. Se você é mais comedido do que eu, peça o menu de 3 pratos + 3 vinhos.

banfi-menu

banfi-almoço-1

banfi-almoço-4

As taças se multiplicavam na minha frente!

Os pratos estavam fantásticos! Além de deliciosos, a apresentação, os aromas, as cores e os diferentes sabores me levaram numa viagem interna gastronômica pelas terras toscanas. Deu para entender?

banfi-a,oço-5 banfi-almoço-6

Obviamente a harmonização dos vinhos com os pratos é perfeita!

Assim como é perfeito o ‘timing‘ do staff. Quem já me conhece sabe que detesto quando esperamos o prato demais ou quando a troca dos pratos é muito rápida, quando demoram para encher a taça, enfim…

Acredito que o tempo exato entre o antepasto, primeiro e segundo prato deve ser calculado, equilibrado e acontecer sem que o cliente perceba, de modo a manter o progresso da refeição sem correria nem interrupção. Na Taverna é assim: eles foram per-fei-tos! O almoço durou duas horas e meia.

banfi-restaurante

Às 4 da tarde fui visitar a vinícola, isto é, o local onde os vinhos são elaborados. Distante uns 5 Km do restaurante, cada um deve ir com seu próprio carro, acompanhado de uma guia, que vai na frente.

Através de uma ponte elevada, a guia passa por todas as área importantes da vinificação e pode-se ter uma ideia bem completa de sua elaboração. Da desengaçadeira ao afinamento nas barricas, tudo é explicado de modo didático e sem complicação. Pode-se escolher faze-lo em inglês ou italiano.

vinicola-6

vinicola-8

Mesmo que você não entenda sobre vinhos, o passeio é interessante e educativo. Além do mais, se você tomar 9 taças de vinho como eu, a melhor coisa a fazer é passear um pouco pela propriedade antes de pegar a  direção de novo.

Pode-se hospedar no Castello e, claro, isso facilita muito as coisas…mas eu parti às 18 horas, pois ainda precisava ir para Assis…e encontrar um posto de gasolina!

NA PRÁTICA

Site: www.castellobanfi.com

Endereço: Località Poggio Alle Mura, a 15 Km ao sul de Montalcino. O punico modo de chegar é de carro. Coloque o endereço acima no GPS, mas leve todas as indicações escritas com você. O sinal ali é bem instável.

Almoço

Menu degustação 5 pratos harmonizados com 5 vinhos custa 90 Euros por pessoas; 4 pratos e 4 vinhos custa 80 Euros e 3 pratos e 3 vinhos, 70 Euros. Água, café e grappa estão incluídos no preço (Ah…sim…esqueci de dizer que tomei a grappa também ;)…)

A reserva é obrigatória. Para quem vai almoçar é oferecida uma taça de vinho na enoteca antes do almoço e o tour na vinícola é gratuito.

Visita à vinícola

Quando: De março a outubro a visita à cantina pode ser feita de segunda à sexta-feira às 16 horas. Nos demais meses a visita acontece às 15h30.

Duração: aproximadamente uma hora

Para reservas do almoço ou da visita: reservations@banfi.it

Para se hospedar no Castello Banfi – Il Borgo, clique aqui


Booking.com

Compartilhe!

Sobre o autor

Ana Grassi é especialista em língua, cultura e turismo para a Itália. Fundadora, autora e editora do blog ITALIAna, trabalha como travel designer há 10 anos; isso quer dizer que realiza o sonho dos viajantes que querem conhecer a Itália, com um roteiro personalizado e exclusivo!

39 Comentários

    • Ana Grassi on

      Sim, achei que valeu a pena o degustação pois eram de pratos típicos da região.
      Baci,
      Ana

  1. Mais um castelo liiiiindo na Toscana. Não sou muito conhecedora de vinho, mas que menu degustação é esse! Adorei a dica sobre poder se hospedar no castelo. Você tem ideia do valor? Beijos

    • Ana Grassi on

      Tenho…os preços variam muito dependendo da temporada e do quarto escolhido, mas começam em torno de R$ 4.000,00 e chegam a R$ 10.000,00.
      Baci,
      Ana

      • Carla C. da Silca on

        Olá,Ana! Parabéns pelo Blog,super informativo e muito bem elaborado! Moro em Berlim e estarei indo conhecer um pouco da regiao em Maio.Tenho grande interesse sobre vinhos.Como estarei visitando cidades de trem,gostaria de pedir sua ajuda e perguntar,existe uma possibilidade de visitar o castelo de trem ou voce conhece algum guia saindo de Siena ou outra cidade?
        Desde já,obrigada!
        Bjs,Carla

        • Ana Grassi on

          Oi Carla, obrigada pelos elogios. Não é possível visitar o castelo de trem. As vinícolas ficam espalhadas pelas colinas e muitas cidades pequenas desta região não possuem sequer estação ferroviária. Melhor repensar o roteiro ou alugar carro.Sim, posso te indicar um guia, me mande por favor um email para ana@italiana.blog.br
          Baci,
          Ana

  2. Bom dia Ana, parabéns pelo blog.
    Estarei viajando para a Toscana em julho com meu marido e minha filha de 10 anos, vc sabe se eu posso fazer menu degustação para os adultos e pedir a lá carte para minha filha?
    O castelo fica longe da cidade? Abre as segundas?
    Vc tem outras sugestões de restaurantes da região ?
    Super obrigado.
    Flavia

  3. Tereza Manzotti Pedriça on

    Ana, estou aprendendo bastante com seu blog não tenho uma data ainda mas tenho o objetivo de ir para Itália ainda mais que saiu minha cidadania. Quero conhecer toscana.Obrigada

  4. Rosylane on

    Ana, que bom que Deus nos ‘deu’ você! Seu trabalho é incrível!!! Muiiiiiiito obrigada e parabéns!
    Estou montando minha viagem para Itália por meio de suas orientações. Preciso de mais 2 dicas. Como é melhor alugar carro? Chegarei 13 de set em Milão e pretendo me deslocar de carro até as cidades que irei visitar. Alugo On line do Brasil ou ao chegar lá? Estarei em Florença 17 de set e desejo ir de carro de Florença para Toscana e visitar a vinícola de Montalcino no dia 18. Há alguma dica de onde poderei me hospedar? O castelo está com preço bem superior ao que eu gostaria. Ciao, Ana!

    • Ana Grassi on

      Rosy! Agradeço todos os dias a Deus de ter os leitores mais lindos e gentis da internet!!! Eu que agradeço a confiança que deposita em meu trabalho!
      Alugue o carro com antecedência. Pode ser que você não consiga alugar no local. Pode fazer a cotação por esse site: http://www.rentcars.com.br/?requestorid=154
      Procure hotéis que caibam no seu orçamento no seguinte link: http://goo.gl/8qL41W
      Tenho certeza que encontrará coisa bem bacana e econômica!
      Beijos e boa viagem!
      Ana

  5. Ana adoro seus comentarios fico viajando junto e em breve vou conhecer a Toscana, abraco!

  6. Oi Ana em primeiro lugar parabéns pelo blog e gentiliza com todos! Pretendo ir em maio para a Montalacino e Região de Chianti. Gostaria de visitar a Antinori e a Biondi Santi são as mais legais para se visitar? Você conhece o hotel da Badia a Coltibuono? Vale a pena se hospedar lá?
    Muito obrigado
    Ivan

  7. renila piovan on

    Oi Ana, seu blog é o máximo. Estou organizando nosso roteiro pra a toscana em maio de 2017. Sobre a degustação no Castelo Banfi, gostaria de saber ser para tal eu poderia fazer sem reserva. Já temos uma visita agendada na Mate as 14:30 com duração de 1h. Então acho que perderíamos a visita a vinícula do castelo as 16. Pensei em sair da Mate e ir para a Enoteca Banfi e escolher alguns rotulos para degustar. O que vc acha?

  8. olá Ana, estou adorando seu blog.Preciso de sua ajuda,quero fazer uma reserva no Castelo Banfi para almoço no dia 8/05/2017.É so mandar um email pra eles,que eles respondem,ou tem uma forma mais fácil.
    Aguardo sua resposta,
    Obrigada e um abraço.

    • Ana Grassi on

      Oi Agda, que bom que você está gostando! O email é a forma mais fácil de fazer a reserva. Ou por telefone.
      Baci e buon viaggio,
      Ana

  9. Tania Tamayo on

    Boa noite, Ana! Adorei as fotos e as dicas! A visita à vinicola como escrito é de março a outubro. O hotel funciona no inverno? Você aconselha viajar à Toscana nessa época?

    Agradeço antecipadamente,

    Tania

    • Ana Grassi on

      Tania, acho melhor você visitar o site do hotel e ter certeza se o hotel funciona esta época. Gosto da Itália em todas as estações, mas se puder escolher uma época para ir à Toscana escolha entre abril e junho e setembro ou outubro. As paisagens de primavera e de outuno são de tirar o fôlego!
      Baci,
      Ana

  10. Cláudia on

    Olá Ana! Pretendo ir à Toscana com meus pais em setembro e levá-los para um tour por Assis, Siena e Montepulciano, conhecer uma vinícola (com degustação e almoço)… Você faz esse tipo de serviço? Pretendo ficar hospedada em Florença e passear em volta por conta própria. Só não sei como ir a esses lugares. Meu pai tem dificuldades de locomoção e tenho receio de alugar um carro e precisar parar longe das coisas.

  11. Olá Ana, parabéns pelo blog! Eu vou viajar em maio com meu marido e mais 4 casais para a Itália. Após ficarmos uns dias em Florença, iremos para Siena e ficaremos hospedados lá. De lá faremos três bate-voltas por dia: um dia Volterra e Gimignano, outro Val D’Orcia (Montalcino, Montepulciano, Pienza) e outro dia estamos decidindo ainda, se Arezzo e Cortona ou Assis (sugere o que?), sendo que nesse último dia iremos para Roma (e ficaremos uns dias por lá).
    Nossa principal dúvida: se poderemos beber e dirigir? Qual o limite de álcool permitido? Como geralmente as pessoas fazem?
    Outra dúvida: se podemos apenas traduzir, com tradutor juramentado, nossa carteira de
    motorista ou se vale apenas a PID?

    Grata!! Bj! 🙂

    • Fabio Reis on

      Olá Ana,

      Parabéns pelo excelente blog.
      Tenho a mesma dúvida da Marcela quanto a degustar os vinhos e conduzir. Existe fiscalização nas estradas? É comum beber um pouquinho e dirigir?

      • Ana Grassi on

        Fabio, estou preparando um post sobre o assunto com tudo bem explicadinho!
        Fique de olho,
        Ana

  12. OI Ana,
    Sensacional suas dicas e tudo que foi descrito.
    Uma dúvida … Qual o custo da visita guiada na vincula?
    Obrigado

    • Ana Grassi on

      Oi André, tudo bem?
      Obrigada pelo elogio!
      A visita guiada é gratuita para as pessoas que almoçam na vinícola. Sinceramente, não sei se aceitam e se cobram somente a visitação. Seria bom mandar um email para eles.
      Abraços,
      Ana

  13. Hayonara on

    Olá Ana, parabéns pelo blog, é maravilhosa e ajuda muito. Queria tirar umas dúvidas com vc. Estarei indo para toscana em maio e pretendo visitar o castello mas não sei como vou conseguir chegar lá pois não estarei de carro. Você sabe dizer se estando em montalcino tem carros ou guias que leva até o castello? E sobre os vinho que estar incluso no menu, são 5 taças ou 5 garrafas de vinho? Obrigada desde já.

    • Ana Grassi on

      Oi Hayonara, infelizmente é impossível chegar ao local com meios de transportes públicos. Tem que ser de carro e a partir de onde você estiver, contratar um motorista pode ficar bem caro e não valer a pena. Sugiro que reserve um vcarro, o percurso é tranquilo para se fazer sozinha 😉
      São 5 taças de vinho.
      Baci,
      Ana

  14. Oi Ana! Adorei o post.. estava procurando algo sobre o castelo há algum tempo e não tinha encontrado! Você sabe me dizer quanto custam os pratos a la carte no restaurante do castelo?
    Obrigada

    • Ana Grassi on

      Oi Rafaela tudo bem? Não sei te dizer. No almoço o menu é fixo e não tem cardápio a la carte.
      Mande um email perguntando!
      Baci,
      Ana

  15. Oi Ana, adoro suas dicas!
    Vou pra Roma no final de Junho e estou querendo ficar perto do Centro. Estou vendo perto da Praça de Espanha. Lá é bom? Tem alguma dica pra me dar?
    Gostaria de ver o valor do passeio pra Toscana no vinhedo de Montalcino. Somos três pessoas

Deixe uma Resposta