O título do post é também o título de um livro, cujo autor é Ferenc Máté, um húngaro que realizou o nosso sonho de possuir um vinhedo na Toscana.

Sim, pois quem de nós não sonha com um lar rodeado de campos de girassol, um vinhedo no quintal e cogumelos porcini no jardim?

Um vinhedo na Toscana - Vinícola Mate - Italiana Blog

A casa de Ferenc Máté – Vinícola Máté

Um vinhedo na Toscana

Mas o começo da história não é esse, pois há 25 anos tudo o que Matè adquiriu foram 70 acres de um terroir promissor e uma mosteiro do século XIII em ruínas.

Sua paciência, coragem e determinação ao longo de vários anos foram recompensados e hoje sua linda casa – onde também funciona a vinícola – está encaixada numa das colinas de Montalcino, a zona vinícola de maior prestígio da Itália. Seus vinhos, como o Brunello di Montalcino, são reconhecidos internacionalmente e vencedores de vários prêmios.

Um vinhedo na Toscana - Vinícola Mate - Italiana Blog

Casa de Ferenc Maté, autor de “Um vinhedo na Toscana”

mate-011 mate-012

Eu li o livro “Um Vinhedo na Toscana” (ed. Seoman) em 2012, quando fiz minha primeira viagem de carro em busca de vinícolas no sul da Toscana. Não sei bem porque acabei deixando Matè de fora do roteiro, mas o fato é que o desejo de conhecer a propriedade nunca me abandonou.

Um vinhedo na Toscana - Vinícola Mate - Italiana Blog

Vinhedos da vinícola Máté – Um vinhedo na Toscana

Foi durante a organização da Viagem Cultural Italiana 2015 que incluí a vinícola Matè no programa da viagem. Pedi que todos os participantes lessem o livro para que a visita fizesse mais sentido e fosse, de alguma forma, mais emocionante.

Um vinhedo na Toscana - Vinícola Mate - Italiana Blog

A partir do Agriturismo Il Poggiarello, onde estávamos hospedados, a viagem durou 50 minutos pela estrada provinciale Cipressino.

Um vinhedo na Toscana - Vinícola Mate - Italiana Blog

Fomos recebidos  por Alessandra, uma funcionária que diz que faz parte da família Matè, pois todos os funcionários lá se sentem assim. Já dá para imaginar o amor que transborda dali, né?

Ela nos leva até a casa de Matè, nos acompanha pelos jardins e vai contando in loco acontecimentos narrados no livro:

“- Aqui é o lugar onde foi encontrada a urna etrusca!”

“- Esta é a nascente de água que foi encontrada ao acaso por Matè…”

“- Aqui que um tonel de vinho explodiu…”

E continuamos assim, rindo por cenários deslumbrantes e vistas de tirar o fôlego até que chega a hora da degustação dos vinhos.

Um vinhedo na Toscana - Vinícola Mate - Italiana Blog

Fonte que Máté encontrou por acaso em sua propriedade – Um vinhedo na Toscana

mate-014

mate-8

A degustação é muito simples…Bom, digamos que é de uma simplicidade luxuosa, já que cada garrafa do Brunello di Montalcino da vinícola de Matè pode custar o equivalente a 800 reais e…vamos falar a verdade: não é todo mundo que toma vinho na casa de Ferenc Máté!!!!

Numa mesinha de madeira no porão da casa de Matè degustamos 5 vinhos. Os principais foram: Brunello di Montalcino safra 2007 e safra 2008 Riserva, que obtiveram respectivamente 94  e 91 pontos na Wine Enthusiasts (55 Euros).

mate-1

Quer visitar a Vinícola de Máté com a Ana? Clique aqui e inscreva-se para a próxima Viagem Cultural Italiana! As vagas para 2016 já foram preenchidas. Inscreva-se para 2017!

mate-022

O vinho tem uma qualidade excepcional. Além do cuidado na escolha dos clones dos vinhedos plantados, toda a colheita é feita à mão, a fermentação é feita em pequenos tonéis de aço e, em seguida, o vinho envelhece por pelo menos dois anos e meio em barris de carvalho francês d’ Allier para somente então ser engarrafado.

mate-021

Infelizmente não foi possível visitar os galpões onde os vinhos são elaborados, pois estava na época da vindima e as visitas não acontecem entres os meses da colheita (setembro-outubro).

É possível adquirir os vinhos por preços muito atraentes! Acredite, os preços são muuuito mais baixos dos que praticados no Brasil, isso quando você consegue encontrar um Maté por aqui!

Preste atenção nas garrafas, que contém duas obras de arte: o vinho e o rótulo. Os rótulos são réplicas de pinturas feitas por Candance, mulher de Ferenc, uma famosa artista plástica.

mate-019

Curiosidades

– descobriu-se que já na época da Antiga Roma, naquelas terras eram cultivadas uvas para fabricação de vinhos;

– as vinícolas são rodeadas por bosques com plantas e árvores frutíferas selvagens;

– a área é tão rica que foram identificados 7 terroirs diferentes!

banner-afiliados

Na Prática

Máté Winery

Informações e reservas: info@matewine.com  |  alessandra@matewine.com

Site: www.matewine.com

Endereço: Località Santa Restituta, Montalcino, Toscana

Para não errar o caminho: a partir de Montalcino, siga as indicações para Grossetto. Depois de 2,7 Km, vire à direita em direção à Tavernelle; Após 1 Km vire à esquerda prosseguindo para Tavernelle. Após 3 Km vire à esquerda (estrada de terra) seguindo as indicações “Caprili”, “Case Basse”, “Pieve Santa Restituta”. Permaneça nessa estrada, passe entre dois prédios. Depois de 1,5Km verá à sua direita uma igreja (Santa Restituta), mantenha-se à esquerda, a propriedade está à esquerda e possui um portão de ferro com a placa Máté.

Livro: Um vinhedo na Toscana – una passione italiana, Ferenc Máté – Ed. Seoman

Fotos Ana Grassi e Gustavo Paravidini

Compartilhe!

Sobre o autor

Ana Grassi é especialista em língua, cultura e turismo para a Itália. Fundadora, autora e editora do blog ITALIAna, trabalha como travel designer há 10 anos; isso quer dizer que realiza o sonho dos viajantes que querem conhecer a Itália, com um roteiro personalizado e exclusivo!

14 Comentários

  1. Foi uma das melhores viagens da minha vida!
    Lugares incríveis, pessoas maravilhosas. Crescimento pessoal.

  2. Daniella Mancino caixeta on

    Li este livro. É lindo! Realmente o sonho de muita gente, inclusive o meu! Adoraria conhecer a vinícola. Gostei muito do seu texto e das lindas fotos.

    • Ana Grassi on

      Muito obrigada Daniella! A visita vale a pena…é um mergulho nas páginas do livro.
      Baci,
      Ana

    • Ana Grassi on

      Oi Amaro, custam a partir de 15 Euros, mas é necessário entrar em contato com eles para ter certeza.
      Abraço,
      Ana

  3. Marta Varela on

    Em 2014 estive com um grupo de familiares em um casamento de um sobrinho num castelo da toscana,festa lindíssima,tudo muito organizado.Tivemos a oportunidade de visitar essa Vinicula…amo viajar p Europa,principalmente usufruir do romantismo,dos vinhos e massas e da beleza inesquecível dos seus fascinantes lugares!

  4. Marta Varela on

    Com certeza se Deus nos permitir,próximo ano estaremos aí novamente e entrarei em contanto com vocês Ana,até lá!abracao…

  5. Conheci a vinícola Matè e tive o privilégio de fazer a degustação com o filho do casal, uma simpatia! Li o livro depois da visita e fiquei com vontade de voltar um dia…E o vinho, então….Maravilhoso!,,

Deixe uma Resposta