O que ver em Veneza. Quando você visita a Itália, é difícil fugir da clássica pergunta: “visitou Veneza?”. E quando visitar, vai entender o porquê. É uma cidade única, linda e muito peculiar pelos seus canais, atrações e festas, como o Carnaval de Veneza.

Aqui no blog já dei algumas dicas para a sua visita ser ainda mais inesquecível. Fiz também um roteiro de um dia, caso você faça um bate e volta.

Para que você não se perca com as inúmeras possibilidades de passeio, preparei uma lista com as principais atrações de Veneza para que seu roteiro fique ainda mais completo e sua expectativa ainda maior.

Você poderá gostar:

Roteiro de dois dias em Veneza

Onde dormir em Veneza

Dica de leitura: Mil Noites em Veneza

Atrações imperdíveis em Florença

Mas antes de vermos o que ver em Veneza, vamos dar uma olhada em alguma dicas gerais para facilitar sua estadia por lá.

Dicas iniciais

atrações em veneza

Desde 1170, Veneza está dividida em 6 bairros chamados SESTIERI: San Marco, Castello, Cannaregio, Dorsoduro, San Polo e Santa Croce. Atente-se aos bairros!

Ah, e se é sua primeira vez na cidade, tenho uma dica muito importante: não dá para entrar em Veneza de carro! Parece uma dica óbvia, mas tenho clientes que já me pediram para usar o carro em Veneza…

Assim, o ideal é devolver o carro alugado ou estaciona-lo nos vários estacionamentos que se localizam logo depois da Ponte della Libertà.

As únicas formas de se locomover por lá é utilizando o Vaporetto (um “ônibus-barco”) ou os acqua-taxi.

Outra dica: entre os meses de novembro e fevereiro, a cidade fica menos cheia. Aproveite!

Dicas dadas. Vamos ao que interessa!

O que ver em Veneza

1- Canais de Veneza

Em muitas cidades as largas avenidas pulsam como veias de um grande organismo vivo. Em Veneza, o que pulsa são os belíssimos canais, onde passam vaporettos, barcos e as famosas gôndolas.

Por falar em gôndola, esse é um dos passeios imperdíveis para quem vai a Veneza. Seja com o amor da sua vida, com amigos, familiares ou até mesmo sozinho, não deixe de passear pelos canais de Veneza em uma gôndola.

Dica da Ana: Assim como todo programa turístico, existem passeios de gôndola que são uma furada! Para evitar isso, pesquise bem ou encomende o seu passeio clicando aqui.

gondola_em_veneza

2- Basilica di San Marco

O passeio pela Basílica di San Marco é gratuito, mas você pode comprar um ingresso antecipado para evitar as enormes filas – sempre muito comuns em viagens pela Europa. A igreja é uma construção bizantina e possui cúpulas que formam uma cruz grega.

Este é o principal cartão postal da cidade. Talvez por sua riqueza arquitetônica, talvez por sua importância histórica – é sede da igreja em Veneza e se iniciou como uma capela ducal. Sem dúvidas, foi o lugar onde ocorreram muitos dos fatos mais importantes da história da cidade.

Dentro da Basílica está o Museu de São Marcos, onde é possível ver antiguidades e itens de altíssimo valor histórico. Você terá a oportunidade de ver mosaicos de ângulos diferentes e, no terraço, consegue admirar a praça San Marco em toda sua magnitude

Dica da Ana: Para evitar filas, compre o ingresso do museu com antecedência, clicando aqui.

basilica_veneza

3- Piazza di San Marco

A Piazza San Marco tem a forma de um trapézio e é rodeada de monumentos, cafés e restaurantes. Este grande espaço fora outrora apelidado de “a sala de estar do mundo” e é também o lugar onde está a Basílica di San Marco.

Durante os períodos de aqua alta (maré alta) a praça fica inundada. Isso porque é o ponto mais baixo da cidade. Mas não se preocupe! Quando isso acontece, grandes passarelas são colocadas para que os turistas possam visitar.

À noite o local se torna uma opção charmosa, pois está repleto de cafés históricos. Nas noites mais quentes a praça fica ainda mais cheia de vida. Com certeza sua viagem vai incluir um passeio pela Piazza San Marco

4- Ponte dei Sospiri

Sua construção aconteceu no século XVII e tem estilo barroco. Ela atravessa o Rio di Palazzo e fica perto da Piazza San Marco. Ela é uma passagem do Palácio Ducale para as Prigioni Nuove, que antigamente era a prisão.

Essa ponte foi nomeada por Lord Byron, no século XIX. Na época da República de Veneza, os prisioneiros passavam por ali dando suspiros, pois sabiam que talvez não voltariam a ver o mundo exterior novamente; aí o nome da ponte!

Reza a lenda que os amantes que se beijarem em uma gôndola ao pôr-do-sol e com os sinos do Campanile di San Marco tocando, terão amor eterno. Ela já serviu de enredo para filmes como A Little Romance, com Laurence Olivier. Não é inspirador?

5-  Teatro La Fenice

Localizado no Campo San Fantin, o magnífico Teatro La Fenice já pegou fogo duas vezes. É considerado o principal teatro de Veneza. Ele foi construído para ressaltar o poder da República e foi inaugurado em 1792. Seu nome – La Fenice – significa A Fênix. O fato dele ter pegado fogo e voltado à ativa duas vezes é no mínimo curioso, considerando seu nome.

Este belíssimo teatro é palco das óperas mais importantes do mundo e, sem dúvidas, é um espetáculo emocionante assisti-las!

teatro-la-fenice

6- Palazzo Ducale

É onde está, em destaque, a obra Paraíso (Il Paradiso), de Tintoretto. O enorme palácio era onde funcionava o centro do poder na Sereníssima República. Sua grandiosidade pode ser contemplada, pois o palácio permanece aberto para visitas.

Antigamente era onde se reuniam os conselheiros da república e tomavam importantes decisões. Compre ingresso antecipado para evitar filas clicando aqui.

7- Mercato de Rialto

É um grande e típico mercado italiano, principalmente de peixes. Imagine um lugar colorido pelos frutos do mar frescos que são vendidos nas bancas? É cheio de vida, os vendedores oferecendo seus produtos – que mais tarde estarão nos pratos dos melhores restaurantes da cidade.

É também um local para se provar a gastronomia de rua de Veneza, com iguarias italianas feitas por locais. A visita perfeita aos mercados geralmente acontece pelas manhãs, quando as bancas estão sendo abastecidas e abertas ao público.

8- Ponte di Rialto

É a ponte mais antiga de Veneza, com mais de 430 anos. Também é bem próxima ao Mercato de Rialto, então é bem difícil ir para um dos dois e não ver o outro.

Seu arco de 7,5 metros foi construído para permitir a passagem de barcos de médio porte. Antes de sua construção, havia outra ponte chamada Ponte della Moneta.

9- Festas típicas

Aproveite a sua estada em Veneza para descobrir algumas festas típicas, conhecer pessoas e ter contato com a cultura local! Veneza tem muitas atrações ao longo do ano, assim você pode se programar melhor e presenciar alguma delas. A seguir, a agenda das principais datas:

Fevereiro e MarçoCarnaval de Veneza (um dos mais famosos da Europa!)

Maio – Vogalonga (a maratona das regatas, com centenas de barcos)

Julho – Festa do Redentor (comemoração clássica e antiga, sobre o fim da epidemia de peste)

Setembro – Regata histórica (e mais famosa das regatas)

Novembro – Madonna de la Salute (comemoração para agradecer Nossa Senhora pelo fim da epidemia de peste, em 1630).

atrações_em_veneza

10- Ilha de Burano

Existem 7 ilhas que formam Burano, e que você consegue conhecer a pé (são pequenas e existem pontes de acesso). É um cenário único, com muitas cores e muitas paisagens bonitas. Burano encanta os turistas: casinhas coloridas que lembram um cenário cinematográfico!

Já está com vontade de conhecer Veneza?

Se você acha que vai ter pouco tempo em Veneza e não vai conseguir conhecer tudo, ou ainda, quer ver só o que tem de melhor na cidade, eu tenho um roteiro muuuuuito bacana de dois dias em Veneza pra você!  É só dar uma olhadinha aqui .

E me conte de você… Que lugar você acha mais legal em Veneza? Quero saber nos comentários tá?

Salve este post no Pinterest!

Compartilhe!

Sobre o autor

Avatar

Ana Grassi é especialista em língua, cultura e turismo para a Itália. Fundadora, autora e editora do blog ITALIAna, trabalha como travel designer há 10 anos; isso quer dizer que realiza o sonho dos viajantes que querem conhecer a Itália, com um roteiro personalizado e exclusivo!

Deixe uma Resposta