História do leitor: Tulio é jornalista e foi viajar para a França. Porém, ele pegou uma conexão de 9 horas em Roma! Sabendo que ficar no aeroporto seria um tédio, ele aproveitou e deu uma passeada relâmpago pela capital italiana. Veja como foi!

Em minha última viagem à França, voei com a Alitalia e o meu voo incluiu uma conexão em Roma de 9 horas de duração. Acho que todo esse tempo em um aeroporto jamais seria uma boa experiência, por isso decidi dar uma escapadinha e conhecer um pouco da cidade do Papa.

Você também poderá gostar:

Como chegar no centro de Roma a partir do aeroporto Fiumicino!

Visitar Roma não é fazer turismo!

Onde comer em Roma!

Caravaggio em Roma!

Perguntei para a Ana se essa ideia era muito mirabolante e ela me disse que não. Bom, 9 horas é pouco tempo se levarmos em conta a distância entre o aeroporto e a cidade e o tempo de embarque e desembarque. Só no início, minhas 9 horas viraram 6.

Ciente de que não conseguiria aproveitar todas as atrações, estudei um pouco os artigos do blog e montei um roteiro pessoal com os pontos que queria visitar. Infelizmente, minha visita se limitou a chegar na entrada dos pontos mais famosos do mundo e ficar com aquele gostinho de querer entrar. Mas ainda assim, valeu muito a pena!

Transporte entre Fiumicino e o centro de Roma

A recomendação que recebi foi para comprar os bilhetes de trem. Inclusive, essa é a melhor opção. Entretanto caí em uma armadilha e comprei passagens de um transfer que não me passou muita confiança.

Embora tenha dado tudo certo, essa não é a minha recomendação. Procure pelo guichê oficial da Trenitalia e garanta tanto a ida quanto a volta, lembrando sempre de deixar aquela folguinha para os imprevistos — pois eles acontecem. Você pode ler mais dicas sobre os trens italianos clicando aqui!

Em pouco mais de 30 minutos consegui chegar de carro no Coliseu. Acredito que de trem seja mais rápido, porém você descerá na estação.

Quando viajo, evito ao máximo pegar táxi ou ônibus. Isso porque gosto de conhecer a cidade andando e não me importo de perder algumas atrações por esse motivo. Para a minha surpresa, o centro de Roma é muito fácil de se locomover à pé e existem muitas possibilidades para um roteiro ideal.

Coliseu

O transfer me deixou em frente ao Coliseu, provavelmente o ponto de partida para muita gente.

Ao descer, logo encarei aquele monumento enorme, imponente e lotado de turistas. Me lembrei das aulas de história e fiquei impressionado com a preservação de um monumento tão antigo.

Confesso que pensei algumas vezes se não dedicaria o passeio todo tentando enfrentar as filas enormes para entrar no Coliseu. Afinal, ver o espaço onde gladiadores enfrentaram leões em batalhas históricas é um dos meus grandes sonhos. No entanto, tanto o preço quanto o tempo me fizeram desistir.

Dei duas voltas completas, tirei algumas fotos e segui o meu caminho.

Fórum Romano

Foruns romanos

Bem pertinho do Coliseu, fica o antigo centro do poder romano. O Fórum Magno possui ruínas que, assim como as do Coliseu, são muito preservadas. Só de olhar por fora, podemos observar as grandes estruturas que restaram.

Consegui ver bem menos do Fórum, uma vez que para entrar é necessário comprar ingressos. Ainda assim, caminhei até a entrada para ver se não conseguiria ver alguma coisa.

Se você quiser entrar no Fórum durante a sua conexão, recomendo já adquirir os ingressos. Afinal, as filas são realmente enormes e você pode perder bastante tempo se resolver esperar.

Fontana di Trevi

Diferente das fotos, a Fontana di Trevi é ainda mais fascinante quando você está diante dela. Apesar dos dias frios de inverno, o local estava lotado de gente. Fotos, moedas, sorvetes, tudo como em um dia de verão.

Essa foi a minha atração favorita de Roma. Não sei bem explicar o porque, mas quando olhei para toda aquela estrutura branca, pensei estar diante de uma pintura viva. Os detalhes são realmente muito bem feitos e merecem todo o tempo que você dedicar de sua escala em Roma.

Piazza di Spagna

Depois de andar um pouco, percebi que Roma não é tão complicado de se locomover. O melhor é que o caminho é repleto de história. Monumentos, praças, estátuas e museus. Tudo indica que muita história aconteceu por ali.

Um dos pontos que mais queria ver, a Piazza di Spagna tem um clima muito agradável. Como li em um post da Ana, a Fontana della Barcaccia é realmente linda! Isso sem falar na vista do alto das escadarias. Todo o charme e a arquitetura fazem do lugar uma parada obrigatória.

O que comer durante uma conexão em Roma

Por incrível que pareça, essa é uma tarefa complicada. Assim  como todo mundo, fui à Itália pensando nas pizzas e massas deliciosas que poderia comer. De fato, comer uma pizza na Itália é bem diferente do que estamos acostumados.

Não me lembro ao certo o restaurante em que almocei, mas a pizza estava deliciosa! Apenas recomendo tomar cuidado com os anúncios.

Veja: Dicas para comer bem na Itália e não ser pego em restaurantes arapuca-de-turista!

Neste restaurante, entrei pois a pizza estava anunciada por 8 euros. No entanto, havia uma série de taxas escondidas na experiência: comer sentado me custou 2 euros a mais, assim como o serviço, que aumentou minha conta para 12,50. Adicione uma taça de vinho e voilá: minha conta ficou 23 euros.

Depois de fazer uma pesquisa, vi que isso é muito comum e que essas regras são escritas em letras miúdas nos cardápios.

Mas afinal, vale a pena sair do aeroporto em uma escala em Roma?

A resposta é, sem dúvida alguma, sim!

No meu caso, tive tempo suficiente para ter um gostinho de uma viagem que ainda quero fazer. Roma é incrível e, mesmo com limitações, achei que foi um dinheiro bem gasto e um tempo muito bem aproveitado.

Se tivesse passado 9 horas dentro do aeroporto, acho que teria ficado entediado.

Avalie o tempo, distância e orçamento antes mesmo de sair do Brasil. Assim você vai saber onde ir, qual transporte pegar e quais atrações visitar. Tenho certeza que não vai se arrepender.

Até voltar, vou ficar sonhando com tudo que vi e com tudo que ainda verei em Roma. Na minha próxima viagem, Roma não será uma conexão, mas sim um destino.

Leia também:

Índice de Roma e Vaticano!

Como assistir um jogo da Champions League em Roma!

Gostou deste post? Salve ele no Pinterest!

Compartilhe!

Sobre o autor

Redação ITALIAna Blog

Deixe uma Resposta