Também conhecido como “Gran Cavallo” ou “Cavallo di Leonardo”, o Cavalo de Da Vinci é um imponente monumento que Da Vinci nunca chegou a ver construído! Com uma história que durou mais de cinco séculos, a estátua é um símbolo de como grandes obras de arte conseguem inspirar muitas gerações!

Leonardo da Vinci passou quase 20 anos de sua vida em Milão, na corte dos Sforza, onde teve os anos mais produtivos de sua vida. Por volta de 1482, Ludovico Sforza pediu para da Vinci que fizesse uma grande estátua de um cavalo em homenagem ao seu antecessor, Francesco Sforza.

Resumo da biografia de Leonardo da Vinci!

A Milão de Leonardo da Vinci!

10 Atrações imperdíveis em Milão?

Conheça a Última Ceia, de Leonardo da Vinci!

Leonardo passou muito tempo estudando anatomia equestre e se dedicou a entender profundamente toda a motricidade daqueles animais, o que lhe rendeu diversas reflexões e insights de biomecânica e física.

Quase 10 anos depois, Leonardo apresentou seu primeiro modelo em argila: uma enorme escultura de 7 metros de um belo cavalo. Ludovico ficou extremamente contente com a escultura e angariou mais de 70 toneladas de bronze para a versão final da estátua.

 No entanto, os franceses se apresentavam na iminência de invadir Milão. Isso fez com que todo este bronze precisasse ser utilizado para a fabricação de canhões, fazendo com que o projeto do cavalo ficasse em suspensão.

A falta do material e o fato dos franceses terem utilizado o modelo em argila de Leonardo como alvo de tiro, decretou o aparente fim do sonho do Gran Cavallo.

Foi apenas em meados de 1980 que Charles Dent, um colecionador de arte americano, conheceu a história inacabada deste cavalo e fundou a “Leonardo da Vinci’s Horse Inc”, uma empresa cujo objetivo era angariar fundos para concretizar a construção da estátua.

Com a ajuda de artistas e doações do mundo todo, conseguiram criar uma estátua equestre muito parecida com os desenhos de Leonardo, baseadas em seus estudos e anotações.

Apesar do próprio Charles Dent ter morrido antes do projeto se concluir, em 1999 foram inauguradas duas estátuas de bronze de 7 metros do “Cavallo di Leonardo”, que apesar de não terem tido a mão de Leonardo da Vinci envolvida em sua construção, foram edificadas de acordo com o que o gênio havia idealizado.

 Uma destas estátuas se encontra no Frederik Meijer Garden, no Michigan, EUA, enquanto a outra está em Milão, no Ippodromo San Siro.

Existem réplicas do Cavallo di Leonardo ao redor do mundo, que mostram como a arte tem o poder de resistir ao tempo, existindo mesmo que como ideia, quando não como objeto. Hoje, o tão sonhado monumento equestre tem forma física, não mais platônica, graças ao esforço conjunto de muitas pessoas que se preocuparam em materializar um esquecido projeto renascentista!

E aí? Tem vontade de conhecer essa estátua em Milão?

Leia também:

Veja o melhor roteiro de obras de Caravaggio em Roma!

Castello Sforzesco: Arte e cultura no centro de Milão!

Gostou deste post? Salve ele no seu Pinterest!

Compartilhe!

Sobre o autor

Avatar

Ana Grassi é especialista em língua, cultura e turismo para a Itália. Fundadora, autora e editora do blog ITALIAna, trabalha como travel designer há 10 anos; isso quer dizer que realiza o sonho dos viajantes que querem conhecer a Itália, com um roteiro personalizado e exclusivo!

Deixe uma Resposta