Destinos de neve no norte da Itália

Settimana Bianca (semana branca) é o termo italiano usado para identificar as férias passadas nas montanhas na época do inverno, com o objetivo de praticar esportes e curtir o estilo de vida (e a gastronomia!) das alturas. Sempre tive vontade de fazer a settimana bianca, mas me faltava um pouco de coragem para encarar o frio e um pouco de disposição para aprender a esquiar.

destinos-de-neve-na-italia-00

Determinada a me superar, em fevereiro deste ano parti não para uma mas pra quase 3 semanas branquiiinhas de neve no norte da Itália. E descobri uma Itália  pela qual me apaixonei!

No mapa abaixo está o percurso que fiz de carro (em vinho) e também o trecho que fiz com o trem Bernina Express (em laranja).

Em breve todas as dicas dos destinos aqui no blog!

TIRANO, BERNINA EXPRESS e SAINT MORITZ

Comecei por Milão e dali viajei até Tirano, uma cidade da região da Lombardia na fronteira com a  Suíça e de onde parte o famoso trem Bernina Express, patrimônio da UNESCO.

Tirano é pequena, mas eu acho que vale a pena passar pelo menos algumas horas por ali. Descobri um bistrô charmoso perto da estação: o Bistrô Merizzi. A um quilômetro da estação para o lado esquerdo está o Santuario della Madonna di Tirano, local  onde Nossa Senhora apareceu em 1501. E para o lado direito está o centro histórico.

destinos-de-neve-na-italia-09

Café Merizzi, em Tirano – destinos de neve no norte da Itália

destinos-de-neve-na-italia-15

Santuario dellla Madonna di Tirano – destinos de neve no norte da Itália

A bordo do trenzinho, as paisagens que se sucedem são a grande atração. A ferrovia passa por vários viadutos, 55 túneis e 196 pontes até chegar a 2253 metros de altitude.

Minha viagem com o Bernina terminou em Sain Moritz, na Suíça, e as duas horas de viagem se passaram num segundo!

destinos-de-neve-na-italia-16

Bernina Express faz o percurso declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO -destinos de neve no norte da Itália

destinos-de-neve-na-italia-10

destinos-de-neve-na-italia-12Dei muita sorte em Saint Moritz! Era o dia de Turfe Noturno no lago congelado e a cidade estava uma festa!

destinos-de-neve-na-italia-11

O turfe acontece no lago congelado da cidade – destinos de neve no norte da Itália

destinos-de-neve-na-italia-13

Dormi lá uma noite só pois não tinha interesse em conhecer as pistas de esqui e, sinceramente, tirando os esportes de neve sobra muito pouco para se ver em Saint Moritz. Mesmo assim, alguns passeios valem a pena e logo vou dar dicas para vocês.

CORTINA D’AMPEZZO

Meu segundo destino foi Cortina d’ Ampezzo, a cidade mas encantadora das Dolomitas.

Aliás, as Dolomitas – também  Patrimônio da Unesco – são as  montanhas dos Alpes Orientais da Itália formadas por rochas dolomíticas (daí o nome).

destinos-de-neve-na-italia-05

As Doolomitas, também Patrimônio da Humanidade UNESCO – destinos de neve no norte da Itália

destinos-de-neve-na-italia-06

Em Cortina comecei a me aventurar nos esportes de inverno e me apaixonei pelo snowshoeing, chamado de ciaspole na Itália. Tal esporte consiste basicamente em caminhar na neve fresca com “raquetes”  que aumentam a superfície de contato dos seus pés com a neve, distribuindo seu peso e evitando que você se afunde muito na neve…

Atenção! Eu disse “que se afunde muito”, rsrsrs…porque dependendo da quantidade de neve a perna afunda completamente! E isso, além de divertido, é um exercício físico e tanto!

destinos-de-neve-na-italia-17

Snowshoeing com o guia Michele, do Dolomiti Skirock – destinos de neve no norte da Itália

Diferente de Saint Moritz, Cortina d’ Ampezzo tem muita atração para quem curte frio e neve, mas não esportes de inverno. Museus que contam da Primeira Guerra Mundial, excelentes restaurantes, comércio elegante, locais adequados para caminhada e spas.

destinos-de-neve-na-italia-04

Refúgio Lagazuoi, que tem a sauna mais alta das Dolomitas – destinos de neve no norte da Itália

destinos-de-neve-na-italia-08

Andando pelas ruas de Cortina d’ Ampezzo – destinos de neve no norte da Itália

destinos-de-neve-na-italia-03

Cortina d’ Ampezzo ao entardecer – destinos de neve no norte da Itália

Em Cortina também fui pela primeira vez numa partida de hockey no gelo e amei! O Stadio del Ghiaccio (Estádio do Gelo) foi sede das Olimpíadas de Inverno de 1956 e hoje, além das partidas de hockey acontecem apresentações de patinação.

PONTE DI LEGNO

Ponte di Legno é uma cidade alpina de somente 1800 habitantes. O tamanho da cidade é inversamente proporcional à sua importância como destino de férias de inverno. Pra se ter uma ideia, o Touring Club Italiano, em 1912 nomeou a cidadezinha a “primeira estação italiana de turismo e esportes de inverno”.

De lá pra cá o número de pistas só aumentou e hoje o complexo Adamello Ski conta com 111 Km de pistas de esqui, todas interligadas entre si e de todos os níveis de dificuldade, entre as quais, a mais apreciada pelos radicais: a pista Paradiso.

Eu fiz algumas aulas de esqui e esquiei nas pistas azuis, dedicadas aos principiantes. Em outro post conto tudo para vocês!

destinos-de-neve-na-italia-19A vista do quarto do meu hotel La Tana dell’ orso – destinos de neve no norte da Itália

destinos-de-neve-na-italia-18

Além de esquiar, o forte desta região é a gastronomia. Visitei uma fábrica de queijos Silter, fabricado somente ali com rigoroso controle em sua produção. Outra primeira experiência foram os pratos à base de carnes de caça; comi cervo e camurça e não poderia descrever o delicioso sabor deles!

destinos-de-neve-na-italia-20

Fábrica de queijos Silter Andrea Bezzi – destinos de neve no norte da Itália

Enfim, gostei tanto que minha settimana bianca do ano que vem já está reservada no meu calendário!

banner-afiliados

Na prática

Site oficial de turismo Saint Moritz: www.engadin.stmoritz.ch

Hostel que me hospedei em Sain Moritz: Youth Hostel St. Moritz

Site oficial para comprar os bilhetes para o trem Bernina Express: www.rhb.ch

Site oficial do turismo em Cortina d’ Ampezzo: www.cortina.dolomiti.org

Instrutores de esqui e esportes invernais em Cortina: www.dolomitiskirock.com/sp/it/

Hotel onde me hospedei em Cortina d’ Ampezzo: Hotel Lajadira & SPA

Site oficial do turismo em Ponte di Legno – Adamello Ski: www.adamelloski.com/it/

Instrutores de esqui e esportes invernais em Ponte di Legno: www.scuolascipontetonale.com/en/

Hotel onde me hospedei em Ponte di Legno: La Tana dell’Orso

Procurando hotel na Itália? Clique no banner abaixo:

Booking.com

Ana Grassi contou com o apoio do escritório oficial de promoção turística de Cortina d’Ampezzo e Ponte di Legno. Mas fique tranquilo, aqui a liberdade editorial é garantida e as opiniões e impressões relatadas são imparcias e verdadeiras.

Compartilhe!

Sobre o autor

Ana Grassi é especialista em língua, cultura e turismo para a Itália. Fundadora, autora e editora do blog ITALIAna, trabalha como travel designer há 10 anos; isso quer dizer que realiza o sonho dos viajantes que querem conhecer a Itália, com um roteiro personalizado e exclusivo!

9 Comentários

    • Ana Grassi on

      Oi Tony! Obrigada! Os lugares realmente são maravilhosos! Que bom que gostou!
      Baci,
      Ana

    • Ana Grassi on

      Rsrsrsrs… a maior parte dos Alpes fica na Itália!Bom que você lê o Italiana….
      Baci,
      Ana

    • Ana Grassi on

      Oi Mariana, fui de trem. Mas se você estiver de carro é bem fácil deixar o carro estacionado em Tirano.
      Baci,
      Ana

  1. Rodrigo Machado on

    Qual mês você indica pra conhecer essa região? Estou indo em Novembro pra Milão

    • Ana Grassi on

      Oi Rodrigo, para esquiar prefira janeiro e fevereiro. Para sentir o friozinho das montanhas novembro é ótimo!!
      Buon viaggio,
      Ana

Deixe uma Resposta