Daqui a um mês volto para a Itália. Vivo nesta eterna ponte-aérea transoceânica. E pouca coisa nesta vida me deixa mais feliz do que voltar ao Bel Paese e descobrir cada pedacinho deste  país tão cheio de cultura e história.

Aí você me pergunta (ou já me perguntou): “Mas Ana, porque você não muda para lá de vez?“.

A resposta é simples: eu adoro me preparar para voltar para a Itália! Já escrevi sobre isto (clique aqui).

Gosto de acalentar o sentimento de nostalgia quando estamos separadas. Passo os dias me preparando para revê-la e quando nos reencontramos é emocionante, como se sempre fosse a primeira vez.”

E a minha vida familiar está organizada no Brasil: filhos-escola-marido. Não sei até que ponto seria válido convulsionar tudo isso. Como a saudade dos filhos não é pouca e considerando que consigo executar meu trabalho de onde estiver, faço períodos de no máximo um mês na Itália para cada 3 que passo no Brasil.

Além do mais, pensa só: durante os meses do ano que passo na Itália sou livre e sozinha para decidir e fazer o que eu quiser, como eu quiser! Posso escrever, trabalhar, passear… E me munir de muitas informações para depois trazer para vocês aqui!

127H (1)

Claro, tenho alguns vários compromissos de trabalho, reuniões, etc. Mas seria hipócrita da minha parte dizer que é um trabalho árduo. É cansativo, isso sim! Com jornadas diárias que ultrapassam 15/16 horas facilmente!

Mas, conhecer o hotel novinho que inaugurou em Florença, visitar uma vinícola no Barolo e passar um dia inteiro (ou vários) dentro do museu não é chato! Ah…não mesmo!

Dito isso, vamos ao que interessa: a preparação da próxima viagem.

Na minha opinião, a preparação da viagem é quase ela inteira!

Acho fundamental esta preparação, para escolher melhor os destinos, entender melhor os passeios, enriquecer-se culturalmente e, claro, começar a viajar bem antes de pisar no destino final.

Vou contar para vocês como me preparo:

1 – Adquirir informação sobre o local que vai visitar é extremamente importante. Sem isso, você corre o risco de passar com a cara de paisagem em frente a uma atração importantíssima e nem se dar conta disso.

Para evitar esta situação (que para a minha sede de conhecimento é inadmissível), leio toneladas de livros, guias, revistas e milhares de blogs que tenham a ver com o destino que estou pensando em ir.

mala

2 – Faço listas: de restaurantes que quero comer, hotéis que quero me hospedar, cidades que quero visitar, livros que quero ler, lugares e atrações que quero ir, pessoas que quero visitar, coisas que quero comprar, etc.

Mas tenho listas também da comida típica de cada lugar, de uma atração quase desconhecida, dos lugares chics, dos lugares bregas, do luxuoso e do barato, de shows interessantes, mostras importantes, sagras e festas; bom, mas sou travel blogger…e isso talvez já seja demais para você…

Faça o teste: já visitou uma cidade em uma hora e achou que já tinha visto tuuuu-dooo o que tinha para ver ali? Já? Isso porque não fez listas! Tente faze-las para a próxima viagem e vai sentir a diferença!

3 – Monto um roteiro detalhado, mas com muito tempo livre para os acasos, mudanças de plano, friozinhos na barriga (que eu adoro!), etc.

Porém, só aconselho o “muito tempo livre” para quem vai viajar por um período longo, caso contrário,  o ritmo da viagem é quebrado e corre-se o risco de deixar de visitar lugares bacanas e importantes.

4 – Compro o bilhete aéreo, alugo carro, reservo hotéis e compro ingressos antecipados.

5 – Hora dos gadgets! 

– limpo a memória e baixo aplicativos no celular e no iPad,

– atualizo os mapas no meu GPS,

– baixo músicas novas e faço playlists das minhas preferidas,

– limpo os cartões de memória da minha câmera fotográfica.

Refe_559eb6d58dd22_TM8ZAYA2ZI

6 – Pronto! Agora é só arrumar a mala e esperar a data da viagem chegar!

Assim que chego da viagem, começo tudo de novo…já pensando no próximo destino…

186H

E você? Como se prepara para a viagem? Me conta!



Booking.com

Compartilhe!

Sobre o autor

Ana Grassi é especialista em língua, cultura e turismo para a Itália. Fundadora, autora e editora do blog ITALIAna, trabalha como travel designer há 10 anos; isso quer dizer que realiza o sonho dos viajantes que querem conhecer a Itália, com um roteiro personalizado e exclusivo!

9 Comentários

  1. Olá Ana,

    Estou pensando em passar 1 mês na Itália juntamente com minha esposa. Gostaria de saber se você sabe uma média de gasto para 1 mês para um casal. Estou pretendendo alugar algo pelo AirBnB, para poder fazer nossa comida e assim economizar para aproveitar com outros programas.

    Alguma sugestão?

    Obrigado

    • Ana Grassi on

      oi Daniel, tudo bem?
      É muito difícil te dizer quanto vai gastar porque não conheço o seu “perfil viajante”. O que posso te dizer é que a Itália é muito democrática e é possível economizar sim. Existem bons restaurantes com preços muito bons.
      Se quiser dicas mais detalhadas, por favor, entre na página de serviços do blog e considere marcar uma consultoria de viagem. Posso te ajudar, sim!
      Baci,
      Ana

  2. Oi Ana! Irei fazer minha primeira viagem a Itália. Gostaria de saber sobre o câmbio, troco aqui no Brasil ou em Roma?

  3. Veronica on

    😊 Viajo em meados de fevereiro, mas já estou viajando desde novembro, quando compramos as passagens. Li toneladas de guias, juntei com lembranças de viagens, fiz o roteiro, reservei os hotéis, fiz listas e mais listas do que há de melhor a ver em cada lugar. O percurso etrusco que queremos também. Sobrou tempo. Fui estudar italiano. Agora, descobri o seu blog! São tantas preliminares maravilhosas que a viagem em si é o ápice.

  4. Elaine Garcia on

    Irei com minha turma, em Janeiro 2019 somos formados do curso de Arte. A princípio iremos a Roma Florença e Veneza por 9 dias.3 dias cada local. Tem dicas de alimentação de baixo custo?

  5. Carlos Eduardo Pereira on

    Olá Ana estou me programando para este ano de 2018. Eu e minha esposa fazemos 3 anos de casado. Gostaria de saber qual época e boa para viajar para a Italia? É bom comprar os pacotes em empresas de viajens ou montar tudo separado? Em 10 dias qual seria o roteiro inicado para aproveitarmos o maximo possivel? agradeço desde já as informações e sua disposição em ajudar todos.

    atenciosamente Carlos

Deixe uma Resposta