Que tal aprender a fazer tagliatelle com uma verdadeira mamma italiana?

A mamma, na verdade,  é mia zia (tia), nascida e criada em Bolonha. Quando se aposentou decidiu morar na campagna, cultivando uma vida tranquila e feliz e dedicando-se a duas grandes paixões: a culinária e a música.

Sempre que vou à Itália, passo alguns dias em sua casa e me divirto muito cozinhando – e depois comendo – as delícias da culinária bolonhesa.

Ano passado, no dia da festa de comemoração de suas Bodas de Ouro, ela me presenteou com um livro de suas deliciosas e secretas receitas. E em agosto deste ano, ensinou minhas filhas a preparar o tagliatelle.

tagliatelle

O primeiro tagliatelle a gente nunca esquece!

Tagliatelle é uma massa típica da região da Emilia Romagna e tipicamente é servida com o ragù: aquele molho com carne moída que chamamos de bolonhesa aqui no Brasil e que aliás, não se parece em nada com o original.

CURIOSIDADE
Em 1972, a Accademia Italiana di Cucina registrou na Câmara de Comércio e Agricultura de Bolonha a autêntica receita do tagliatelle, cuja largura deveria corresponder a 7mm, ou seja à 12.270 avos da Torre degli Asinelli, a torre símbolo da cidade.

A receita original do tagliatelle é facílima e, se você pegar o jeito, nunca mais vai querer comprar macarrão no supermercado. Vamos começar? É brincadeira de criança!

INGREDIENTES
Para cada 100 gramas de farinha você vai precisar de um ovo, calcule 70 gramas por pessoa
Uma pitada de sal (opcional)
Um fiozinho de óleo
Um pouquinho de água (appena, appena…)

quadro-tagliatelle

MODO DE FAZER
Coloque a farinha e o sal numa tigela.

Quebre os ovos sobre a farinha e comece a misturar com as mãos, adicione um fiozinho de azeite e um pouco de água (1 colher de sopa).

Amasse bem até obter uma mistura homogênea.Retire a massa da tigela e sove-a por mais 10/15 minutos numa superfície enfarinhada até a massa adquirir uma consistência lisa e elástica.

*Nesta fase a receita original diz que a massa deve descansar por 30 minutos coberta com papel filme. Minha tia não deixa descansar e dá certo! Tente as duas alternativas e veja qual te agrada mais. A que me agrada mais é não esperar porque geralmente meus 4 filhos estão famintos esperando o jantar ficar pronto.

Após o descanso (ou não), você pode abrir a mão com um rolo de macarrão ou na máquina.

Com o rolo: divida a massa em duas partes e abra a massa até obter um disco de mais ou menos 8 mm. Polvilhe a superfície com farinha e deixe repousar por uns 5 minutinhos. Enrole a massa, como um rocambole bem fininho e apertado e corte-o em fatias de mais ou menos meio centímetro.

Desenrole a massa e enrole-a nas mãos fazendo os ninhos característicos do tagliatelle.

1218_600x800

Com a máquina: divida a massa em duas partes, polvilhe farinha em um dos lados e passe diversas vezes pela máquina até obter uma massa fina. Regule a máquina para cortar no formato de tagliatelle e passe a massa pelo cortador.

Nos dois casos é importante deixar a massa secar um pouco antes de cozinha-la.

DICA DA ANA: na água que vai cozinhar o tagliatelle coloque um fio de azeite e sal.Você pode fazer um molho de tomates que está acostumada ou o ragù (vou dar a receita em outro post).

CONSERVAÇÃO
A massa pode ser mantida por um dia na geladeira, coberta com um pano de prato. Pode-se congelar.

LENDA (EU ADORO ESTAS HISTORINHAS…)
Segundo a lenda, o tagliatelle foi i nventado em 1487 por um cozinheiro bolonhês famoso chamado Zefirano. Quando Lucrezia Borgia e o duque de Ferrara Alfonso I d´Este se casaram, o cozinheiro inventou esta massa tendo como inspiração os loiros cabelos da noiva.

Compartilhe!

Sobre o autor

Ana Grassi é especialista em língua, cultura e turismo para a Itália. Fundadora, autora e editora do blog ITALIAna, trabalha como travel designer há 10 anos; isso quer dizer que realiza o sonho dos viajantes que querem conhecer a Itália, com um roteiro personalizado e exclusivo!

1 comentário

Deixe uma Resposta