Sabe aquele dia perfeito?

Esse foi um deles. Acordei no Ritz Starhotels em Milão, olhei pela janela e uma chuva fininha caía lá fora. Para muitas pessoas, esta visão seria o prenúncio de um dia chato; para mim que adoro dias assim, sabia que aquele dia prometia coisas boas.

Era meu último dia na Itália e –  após vestir minhas galochas e pegar o guarda-chuva – tomei um café da manhã que considero perfeito: brioche com nutella e cappuccino, e saí para minha visita à Santa Ceia, no convento de Santa Maria delle Grazie.

Tão feliz quanto ver esta obra eu fiquei ao ver  minha querida amiga Mage, autora do blog Milão nas mãos, me esperando na saída, de guarda chuva e sapatilha (já absorveu o estilo “sempre chic” milanês…).

Caminhamos e conversamos muito, ela me levou para conhecer o Quadrilatero del Silenzio e a casa museu Villa Necchi Campiglio.

Fomos almoçar no restaurante La Veranda, dentro do Hotel Four Seasons, numa ruazinha bem no meio do Quadrilátero da Moda.

Eu estava doida para experimentar os pratos de Sergio Mei, e decidi deixar o melhor para o final, para me despedir –  ainda que brevemente – de Milão.

Sergio Mei é um chef muito famoso e respeitado, vencedor de vários prêmios importantes. Sua cozinha tende para o tradicional e ele mesmo a descreve como “comida de gente simples”. Não espere foie gras, trufas e caviar; no lugar destas iguarias, clássicos da cozinha milanesa que enchem o prato!

Para começar pedi  Flores de Abobrinha Recheadas com Ricota, Menta e Pesto Leve  com Salada e Queijo Pecorino.

É, o nome é comprido, mas era exatamente que estava escrito no cardápio. Em italiano.

E só de pronunciar o nome deste prato, quase me engasguei de tanta água na boca.

Depois, pedi o tradicionalíssimo Risotto alla milanese con ossobuco de vitello. A carne desmanchava na boca e o risotto estava simplesmente perfeito!

Tudo o que eu posso dizer é: ei, ei ei, Sergio Mei é nosso rei! (repete 3x).

Tomamos vinho e dispensamos a sobremesa; mas, uma surpresa na hora do café! Uma bandeja de prata com docinhos e biscoitos deliciosos!

O gasto fica em torno de 100 Euros por pessoa e, na minha opinião, vale cada centavo. Além dos pratos deliciosos, o ambiente é muito elegante; o saguão possui alguns afrescos originais da Idade Média e o antigo claustro, transformado em pátio interno, nos permitiu uma agradável caminhada.

Despedi de minha amiga e voltei para o hotel satisfeita, a tempo de arrumar as malas e me preparar para partir. Ah, mas eu volto…

NA PRÁTICA
Ristorante La Veranda
http://www.fourseasons.com/milan/dining/restaurants/la_veranda/
Aberto todos os dias das 12:00 às 16:30 horas para o almoço e das 17:30 às 23:00 pra o jantar.

Compartilhe!

Sobre o autor

Ana Grassi é especialista em língua, cultura e turismo para a Itália. Fundadora, autora e editora do blog ITALIAna, trabalha como travel designer há 10 anos; isso quer dizer que realiza o sonho dos viajantes que querem conhecer a Itália, com um roteiro personalizado e exclusivo!

Deixe uma Resposta