Conhecida como a pérola do Mar Jônico, Taormina inspirou artistas, pintores, poetas e escritores. Ficou muito famosa nos anos 80, quando serviu como locação do filme Imensidão Azul.

Taormina – uma pérola entre o céu e o mar

A história de Taormina começa no século IV a. C., quando alguns gregos sobreviveram ao massacre de Naxos,em 403 a.C. e decidiram ficar por ali mesmo, naquele lugar “mais ou menos” entre o mar e o vulcão Etna. Chamaram aquele lugar de Tauromenion, pois as colinas se assemelhavam ao touro (Monte Tauro).

A cidade grega foi, depois, dominada pelos romanos, pelos bizantinos e pelos normandos, sucessivamente. E já era meta turística desde épocas romanas!

Taormina continua inspirando até hoje! E você vai sentir isso na própria pele assim que chegar a uma das praças do centro da cidade, verdadeiros terraços panorâmicos. A vontade é de cantar, dançar, recitar poesias para aquela ABSURDA natureza que se apresenta.

Eu gostei muito de Taomina, mas tenho que confessar que o turismo “de um dia só” lá não me agrada! Isso porque a cidade tem segredos escondidos e, se você ficar um dia só, corre o risco de fazer o percurso básico turístico e deixar o mais bonito de fora.

Meu conselho é que se hospede pelo menos uns 3 dias em Taormina. Se quiser, pode usar um dia para fazer um bate e volta pelos arredores (visitar os cânions vulcânicos, por exemplo) ou curtir as lindas praias…

O que fazer em Taormina

1 – Corso Umberto I

A principal rua da cidade leva o nome do primeiro rei da Itália, Umberto I di Savoia (1878-1900) e era parte integrante da Via Valeria, que atravessava a cidade e chegava até o mar.

A rua ligava a cidade de Messina à Catânia e por isso é delimitada pela Porta Messina ao norte e Porta Catânia ao sul.

Percorrendo a rua, vai ver que existem milhaaares de lojinhas dedicadas tanto ao artesanato local, quanto às marcas de grandes redes. Preste atenção nos edifícios, construídos ao longo do tempo, com estilos diferentes: árabe, normando, gótico e barroco.

Não deixe, porém, de visitar a Igreja de San Pancrazio (construída sobre o Templo greco-romano de Júpiter) e a Igreja de Santa Catarina (construída sobre os restos do Odeon).

2 – Piazza Duomo

Na Piazza Duomo, estão:

  • a catedral dedicada a San Nicolò di Bari (São Nicolau), apelidada de Catedral-fortaleza devido aos elementos arquitetônicos típicos de construções de fortalezas medievais.
  • a fonte Quattro Fontane, construida em 1635, em estilo barroco.

3 – Piazza IX Aprile

Você vai reparar que nesta praça há uma porta, a Torre do Relógio (Torre dell’Orogio) que fazia parte dos muros medievais que separavam o burgo medieval das construções do período clássico.

A grande atração da praça é a vista! Dali você conseguirá avistar o vulcão Etna, a baía de Naxos e o Teatro de Taormina. Niente male…

Depois, ainda visite:

  • Igreja de San Giuseppe, construída com pedra de Siracusa entre os séculos XVI e XVII;
  • Ex-convento di Sant’Agostino (séc. XV), que se transofrmou em uma biblioteca.

4 – Palazzo Duca di San Stefano

O palácio onde moraram famílias potentes e importantes, como: os duques de Santo Stefano di Brifa e os Príncipes de Galati é lindo! Em seu interior acontecem exposições temporárias gratuitas.

5 – Teatro grego de Taormina (ou Teatro Antico)

É o mais antigo e mais bem conservado monumento de Taormina, construido no século III a.C. Em época romana imperial, foi ampliado e restaurado para que os espetáculos com gladiadores e animais ferozes pudessem acontecer ali.

O Teatro Grego de Taormina é o segundo maior da Sicília, depois do de Siracusa e ainda hoje acontecem espetáculos e eventos culturais em seu interior, principalmente entre os meses de junho a setembro.

6 – Villa Comunale (também chamado de Villa Colonna)

O que hoje são os jardins púbicos, antigamente era o jardim privativo de uma nobre inglesa, Lady Florence Trevelyan, que casou com o prefeito da cidade.

O jardim inglês é rico de plantas e flores provenientes de todo o mundo. O que eu achei mais interessante no jardim foi uma construção, em forma de pagode, de onde Lady Florence praticava seu hobby preferido: birdwatching (observação de pássaros).

7 – Isola Bella

A ilha, que já pertenceu a Ferdinando I di Borbone, é um dos simbolos da cidade de Taormina. Como ela fica muito próximo da praia Mazzaró, basta esperar a maré baixar e caminhar até lá! Assim, fácil, como se estivesse caminhando sobre as águas (dica: vá te chinelo porque as pedrinhas machucam muito o pé).

Lady Florence, aquela que casou com o prefeito da cidade, incluiu em meio a vegetação mediterrânea da ilha, algumas plantas tropicais, que ainda estão lá! E construiu no meio da ilha uma casinha, onde se refugiava nas horas mais quentes do dia.

Em 1954, uma vila foi construída na ilha. Olha gente…pra falar a verdade, eu não caminhei muito por lá pois ali existe um tipo raro de lagartixa e, se tem uma coisa que eu morro de medo nessa vida é lagartixa!

Compartilhe!

Sobre o autor

Avatar

Ana Grassi é especialista em língua, cultura e turismo para a Itália. Fundadora, autora e editora do blog ITALIAna, trabalha como travel designer há 10 anos; isso quer dizer que realiza o sonho dos viajantes que querem conhecer a Itália, com um roteiro personalizado e exclusivo!

10 Comentários

  1. Avatar
    Cynthia de Goes on

    Olá Ana! Gostei das dicas sobre Taormina. Fare,os um cruzeiro romântico, num navio americano, que inclui a Itália, a Espanha e a França. Teremos poucos dias, um em cada poto italiano. As excursões oferecidas são boas, mas como falamos os idiomas locais, não queríamos ficar presos ao idioma e padrão americano nas paradas, também não queremos nada em português. Os portos italianos são: Amalfi, Civitavecchia, Taormina, Livorno e Santa Marguerita. Se tiver alguma sugestão, agradeço. Algum circuito a pé ou algum transporte público… Se tiver algum guia local, ou excursão para dois a indicar, aceito. Agradeço sua atenção. Abraço
    Cynthia de Goes

  2. Avatar
    jaqueline on

    Ola, quero conhecer a Sicilia e decidi somente agora e ja não tenho muitas opções de hotel por estar bem próxima da data da viagem que será dia 06/07, preciso de dicas de qual melhor localização de hotel e roteiros na cidade de taormina e quais outras cidades devemos conhecer na Sicilia

    • Avatar
      Ana Grassi on

      Oi Jacqueline, tudo bem?
      Podemos marcar uma consultoria. Vou te mandar um email. Baci,
      Ana

  3. Avatar
    Elisiene on

    Vou me casar em 2020 tínhamos pensado em ir pra italia, adorei o POST, só temos medo dos valores.

    • Avatar
      Ana Grassi on

      Oi Elisiene, tenho certeza que com um bom planejamento você vai conseguir realizar esse sonho.
      Baci,
      Ana

  4. Avatar

    Ola muito obrigada pela informação adorei. Pois preciso muito fazer uma viagem.

    Vou compartilhar agora mesmo com as minhas amigas pois este conteudo e top.

    Obrigada!

Deixe uma Resposta