Durante os dias que passei na Catânia, encontrei a Fábia e a Gabi (do blog Estrangeiras) que tinham visitado uns canyons vulcânicos a poucos quilômetros de distância de Valverde (onde eu estava hospedada), chamado Gole Alcantara e afirmaram: “Ana, você não pode deixar de ir! E se você for, também queremos ir de novo!”.

Não tive dúvidas: no dia seguinte peguei meu carro, encontrei as meninas e fomos para lá.

Os canyons Gole Alcantara

O Rio Alcantara é um dos mais fascinantes da Sicília. Nasce a 1250 metros de altitude e corre por 50 Km até chegar ao Mar Jônio, passando por vilarejos, bosques e plantações de azeitona.

gole-alcantara-7

Há milhares de anos atrás o rio foi obstruído pela magma do Etna e lentamente foi redefinindo o seu curso por entre a pedra lávica e dando origem a paredes de basalto que ora se parecem com um leque aberto, ora com tubos de órgão musical.

Esse processo de erosão criou um canyon espetacular, que é atravessado pelo rio e possui paredes altas (gole) de até 50 metros de altura, com largura de 2 a 5 metros: são as famosas Gole dell’Acantara.

gole-alcantara-9

A lava se resfriou lentamente ao longo dos anos, criando formas prismáticas pentagonais e hexagonais, muito parecidas com as estruturas moleculares dos materiais que a constituem (ferro, magnésio e cálcio).

gole-alcantara-17

O Parque Botânico e Geológico

Para visitar essa maravilha natural é necessário entrar no Parco Botanico e Geologico delle Gole dell’Alcantara, pagando um bilhete de 13 Euros.

Gole AlcantaraEntrando no parque há a opção de assistir um documentário 4D que conta como  o canyon se formou ao longo dos anos.

Depois, começa um passeio pela “Area Preistorica“, onde encontram-se réplicas mecânicas de dinossauros, elefantes anões e outros animais que viveram no Vale Alcântara há milhares de anos atrás.

gole-alcantara-4

A vista lá de cima – Gole Alcantara

A cada passo que você dá parque adentro, a paisagem fica mais bonita, pois é possível admirar os canyons do alto. Para os apaixonados e românticos de plantão, existe um jardim – a Terrazza dell’Amore – que é o lugar perfeito para fazer declarações e juras de amor… Com a vista mais bonita eveeeeerrrr!

gole-alcantara-3

Entrada do Parque – Gole Alcantara

Depois da caminhada – e sem juras de amor 🙁 – , peguei o elevador para chegar ao leito do rio, no exato lugar em que forma-se uma prainha para tomar sol e… brrrrr…entrar na água gelada, que raramente supera os 10 graus de temperatura.

gole-alcantara-5

Prainha de água gelaaaaaada… Gole Alcantara

Eu entrei! E aproveitei para ir até uma cachoeira que caía linda e congelantemente dos canyons.

Fiz um pequeno e compreensível escândalo ao entrar na água que, inicialmente, doía taaanto em contato com o corpo que a experiência mais parecia uma técnica medieval de tortura.

gole-alcantara-14

Acostumada com a água, garanto que foi uma das melhores experiências da minha vida! Daquelas de lavar a alma mesmo! Por isso recomendo que você entre na água sem pensar duas vezes! E pode espernear à vontade!

Na Prática

Quando: o ano todoGole Alcantara
Ingresso: 13 Euros
Serviços: estacionamento, bar, restaurante e banheiro
Se quiser visitar somente a parte inferior dos canyons, é possível. Paga-se 1 Euro e encara-se uma escadaria de 200 degraus.
Como chegar: Pela estrada A18 até saída Giardini Naxos, depois, seguir em direção a Francavilla di Sicilia.

Se preferir um passeio em pequenos grupos, com guia, clique aqui para ver a minha sugestão de um passeio operado pela Viator

Salvar

Compartilhe!

Sobre o autor

Ana Grassi é especialista em língua, cultura e turismo para a Itália. Fundadora, autora e editora do blog ITALIAna, trabalha como travel designer há 10 anos; isso quer dizer que realiza o sonho dos viajantes que querem conhecer a Itália, com um roteiro personalizado e exclusivo!

2 Comentários

  1. Olá Ana, tudo bem?

    Não conheço outro site ou blog que nos apresente a Itália com tanta propriedade.

    Sem dúvida a vivência e o amor que você demonstra nesse trabalho faz toda a diferença. Parabéns.

Deixe uma Resposta