Boa parte dos meus leitores estava esperando com ansiedade minha opinião sobre a comida italiana oferecida no restaurante do chef inglês Jamie Oliver. Então…aqui está o relato completo da minha deliciosa experiência no restaurante do inglês mais italiano do mundo!

O chef Jamie Oliver

Jamie's Italian Stratfor

Jamie Oliver – crédito da foto David Loftus

JAMIE OLIVER ficou famoso mundialmente por ser um ativista na educação alimentar de crianças. Para quem não se lembra, aqui vai um refresco: foi ele quem processou o Mc Donalds (e ganhou) afirmando que a rede de lanchonete usava hidróxido de amônio para converter partes gordurosas de carne em recheio para seus produtos. Mostrou tudo isso num programa de TV.

Destemido e revolucionário sua fama foi às alturas assim como a quantidade de seguidores de sua ideologia de comer com consciência e de modo equilibrado e sustentável. Aliás, essa é exatamente a ideia que o italiano tem daquilo que leva à mesa: a comida deve ser boa, autêntica, saudável, verdadeira, com pouca manipulação e modificação dos ingredientes.

Jamie’s Italian

jamies-italian-brasil-02

Salão principal, Jamie’s Italian – Foto de Douglas Costanzo

Jamie – assim como eu e você –  é um apaixonado pela Itália e pelo modo de vida italiano e há 8 anos decidiu compartilhar todo esse amor e conhecimento sobre a comida italiana com seu público. Então nasceu o Jamie’s Italian. A proposta é servir comida saudável, sustentável e feita na hora.

A cidade de Campinas, no interior de São Paulo, foi o local escolhido para receber a segunda unidade do restaurante no Brasil (a primeira fica em São Paulo). O restaurante fica no Shopping Dom Pedro, na nova ala de restaurantes. Mas, para quem não gosta muito de shoppings center como eu, aí vai a boa notícia: não é necessário entrar no shopping para ir ao restaurante, pois ele fica na parte externa e ainda conta com serviço de vallet exclusivo.

jamies-italian-brasil-05

O cardápio 

Todos os ingredientes no cardápio do Jamie´s Italian são selecionados e seguem à risca o padrão da rede no mundo, com aprovação e homologação dos fornecedores pelo grupo Jamie Oliver. Oitenta produtos são abolidos na preparação dos pratos, como xarope de milho por exemplo.

jamies-italian-brasil-06

O chef executivo no Brasil  Lisandro Lauretti  passou 3 anos pesquisando, selecionando os fornecedores e padronizando os produtos para alcançar o nível de qualidade exigido pela rede. Alguns produtos muito típicos são importados da Itália, como a farinha, o tomate San Marzano, o presunto cru San Daniele, a azeitona di Gaeta e algumas carnes curadas.

Todas as massas são frescas e feitas à vista do cliente. Eu experimentei praticamente o cardápio inteiro e se você chegou aqui agora e ainda não me conhece vai pensar que estou mentindo…mas quem está sempre por aqui sabe que comer é meu forte!

Comi porções menores que as servidas habitualmente, claro, mas experimentei tudo isso:

  • lula crocante – lula frita, maionese free range de alho, limão e pimenta dedo de moça
  • nachos picantes – na Itália esses nachos são chamados de “gnocco fritto”, parece um mini pastelzinho frito com molho picante
  • pizza margherita
  • pizza prosciutto crudo
  • linguini com camarões -camarões salteados com erva-doce, tomate cereja, pimenta dedo de moça e rúcula.
  • Jamie´s sausage pappardelle – – ragu de porco free range, erva doce com vinho tinto, parmesão e pangrattato com ervas
  • Penne alla carbonara – pancetta crocante, alho poró e molho cremoso carbonara, finalizado com toque de limão
  •  rib-eye steak – contra-filé grelhado, servido com mix de cogumelos, salada de rúcula, endívia, funky chips e manteiga trufada
  • Tiramisù
  • Brownie
jamies-italian-brasil-12

Jamie’s Italian Campinas, Brasil – crédito da foto: Matt Russell

jamies-italian-brasil-10

Jamie’s Italian Brasil – Crédito da foto Matt Russell

jamies-italian-brasil-09

Jamie’s Italian Brasil – crédito da foto David Lotus

Opinião da Ana: as receitas são sem dúvida genuinamente italianas, mas a personalidade de Jamie se sente em cada um dos pratos, como pr exemplo num toque de limão siciliano ou num leve picante de suas amadas pimentas. O famoso Jamie’s twist garante a autenticidade dos pratos sem descaracteriza-los.

Enfim, cada prato vem recheados não só com os sabores, mas também com a veracidade da cultura gastronômica italiana. E eu amei cada um deles!

Jamie’s Bar

jamies-italian-brasil-07

Adoro drinks. Originais, old fasioned…tanto faz! Os barmen do Jamie’s Bar  fazem alguns excelentes! Experimentei alguns drinks e adorei cada um deles! O Spritz Aperol segue a receita original e já é conhecido no Brasil (receita aqui no blog). Mas gostei muito, muito mesmo do Gennaro Sidecar (conhaque, limoncello, licor de laranja e limão siciliano) e o Mojito do Jamie´s Italian.

jamies-italian-brasil-03

Lisandro Lauretti – foto de Douglas Costanzo


Lisandro Lauretti
é o chef executivo do Jamie’s Italian, um competente chef brasileiro descendente de família italiana. Sua história com Jamie começou por acaso, com um email que ele escreveu contando de seus ideais e de sua simpatia pela ideologia do chef inglês. Inacreditavelmente o email foi respondido e esse foi o início da história de Jamie’s Italian no Brasil.

 

 

banner-afiliados

Na prática

Jamie´s Italian Campinas
Endereço: Av. Guilherme Campos, 500 – Shopping Parque Dom Pedro (Ala de Restaurantes)
Telefone: (19) 3365.3042
Horário de funcionamento: domingo a quinta-feira, das 12h às 23h. Sexta-feira, sábado, feriados e vésperas de feriados, das 12h à 0h.
Estacionamento: com vallet na porta –  R$ 12 (preço promocional por 2 horas)
Preço: justo pela qualidade da comida. Massas em torno de R$35,00 e pizzas a partir de R$ 24,00
Opção para celíacos e intolerantes à lactose.

Foto da capa: Douglas Costanzo

Compartilhe!

Sobre o autor

Ana Grassi é especialista em língua, cultura e turismo para a Itália. Fundadora, autora e editora do blog ITALIAna, trabalha como travel designer há 10 anos; isso quer dizer que realiza o sonho dos viajantes que querem conhecer a Itália, com um roteiro personalizado e exclusivo!

16 Comentários

  1. Nossa!!! Que legal! No de São Paulo quase tive a oportunidade de ir mas não deu certo. Esse deve ter fica show. Quando tiver em Indaiatuba com certeza tentarei conhecer…

    • Ana Grassi on

      Antonio, vale muito a pena! E Indaiatuba realmente fica pertinho de Campinas!
      Baci,
      Ana

  2. Para quem curte comida italiana certamente é uma boa pedida. Curti bastante o espaço.
    Uma dúvida, é pipoca em cima do sorvete na foto da sobremesa?
    Essa me deu curiosidade de provar.

  3. Ana, estou sonhando com os nachos picantes e a Jamie´s sausage pappardelle!!
    Quero muito conhecer esse restaurante. E o bar também! Oq são esses drinks?! Adoro!!!
    Já está na minha listinha na próxima visita a Sampa. Beijos

  4. Lena Reis on

    Ana Cristina,
    O tal linguinni está povoando a minha imaginação. Não vejo a hora de experimentar!
    Um abraço,
    Lena

  5. Meu pai eterno!!! Quero ir agora pra Sampa pra provar pelo menos uma das delícias 😉
    Só fiquei com uma dúvida: O que é free range?
    Parabéns pelo post Ana, as Gordianes Viajantes agradecem 😀

    • Ana Grassi on

      Oi Gaby, free range é um método da agricultura pecuária onde os animais são criados livremente, isto é, não são confinados!
      Baci,
      Ana

  6. Ana, acompanhei seus Snaps e já estava louca de vontade para conhecer o restaurante. Depois desse post, não tenho mais dúvida: vou ao Jamie’s na primeira oportunidade. Nachos picantes e penne alla carbonara, me esperem!
    Muito obrigada pela dica! Amei!

    • Ana Grassi on

      Pamela, meus snaps daquele dia foram os mais visualizados da minha história! Rsrsrs…
      Vá mesmo! E rápido!
      Baci,
      Ana

  7. Grassi, sensacional! Já vi que terei problemas na hora de escolher o que pedir, porque tudo parece maravilhoso! Já coloquei no roteiro de Sampa. Obrigada pelas dicas!

    beijos

    • Ana Grassi on

      Isso Denise! Vá mesmo…e volte muitas vezes para comer tudo porque vale a pena!
      Baci,
      Ana

Deixe uma Resposta