13DSCF8666 [1024x768]
Eu com minhas filhas em frente a Catedral

 

Ferrara está na lista do Patrimônio Mundial da Humanidade.

Só este já seria motivo suficiente para visita-la, já que vivo perseguindo os lugares carimbados pela Unesco na Itália. Mas, ao chegar a Ferrara descobri muito mais do que esperava. Uma cidadezinha elegante e nobre, que mantém intacto seu passado glorioso.

A cidade foi fundada no século VI como porto fluvial e foi um importante centro comercial da Idade Média.

Entretanto, foi com a regência da família Este que a cidade atingiu seu ápice e se transformou na corte mais fascinante e espalhafatosa de toda a Europa. A família Este construiu castelos, chamados de Delizie Estense, em todo o Delta do Po’, que inclusive, também estão na lista da Unesco…

Como chegar

Ferrara localiza-se no norte da Itália, na região de Emilia-Romagna e está há apenas meia hora de Bolonha.

Se você seguiu meu conselho (clique aqui) e está em Bolonha, pode fazer um bate e volta pegando um trem Frecciargento ou Frecciabianca, cujo percurso dura 20 minutos (o bilhete custa 11,50 Euros). Da estação, caminhe por 20 minutos até o centro histórico ou pegue uma das linhas de ônibus (1, 2, 3C, 4C, 9 ou 21).

Se estiver de carro, venha pela A13 (Bologna-Padova), pegue a saída Ferrara sud ou Ferrara Nord  e estacione em um dos estacionamentos da cidade (o Parcheggio Ex-Mof é gratuito).

O centro histórico é rodeado por 9 quilômetros de muros praticamente intactos e entre os mais famosos da Europa, que podem ser percorridos a pé ou de bicicleta. Aliás, bicicleta é o transporte favorito dos ferrareses.

Chegando no centro histórico, esqueça as horas e tente se perder pelas ruelas tranquilas e silenciosas, capazes de transportar nossa imaginação para um passado distante.

O que ver


As atrações imperdíveis da cidade são:

1) Castello Estense

Foi construído em 1385 para proteger Nicolò II d’Este e sua família da população revoltada com sua administração. O castelo é uma verdadeira fortaleza, com pontes levadiças, torres e fossos. Com o passar dos séculos, cessado o perigo, o castelo se transformou na residência da corte, com balcões de mármore, afrescos e apartamentos luxuosos.

2)  Catedral

Construída a partir do século XII, mostra os sinais de todas as épocas da história de Ferrara. Fique atento, pois a igreja fecha das 12:00 h às 16:00h.

3) Piazza Trento e Triste

Antigamente chamada de Piazza delle Erbe, pois era o principal mercado da cidade.

4) Via delle Volte

Uma rua longa e estreita, símbolo de Ferrara, onde havia uma grande concentração de atividades comerciais durante a Idade Média.
As “voltas”são passagens elevadas que uniam a casa dos comerciantes às suas lojas. Segundo uma outra teoria, elas serviam para recuperar espaços habitáveis em uma zona de altíssima concentração de pessoas.

Via delle Volte

 

5) Palazzo Municipale

Construído a partir de 1243. Foi sede da residência da família Estense até o século XVI, quando a corte se transferiu para o Castello.

6) Palazzo Diamante

Assim chamado devido aos mais de 8.500 blocos de mármore que compõem a sua fachada. Um dos palácios do Renascimento mais famosos do mundo, projetado por Biagio Rossetti, começou a ser construído em 1493. Em 1832, o Palazzo foi comprado pela prefeitura e hoje abriga a Pinacoteca Nazionale di Ferrara, sede de importantes mostras e exposições.

Onde comer

Quando a fome bater, procure uma das muitas tratorias do centro histórico. Eu gosto muito da Trattoria La Romantica, na via Ripagrande, 36. Experimente “tortelloni alla zucca“, que são capeletis grandes recheados de abóbora, um prato muito típico da cidade.

Procurando hotel na Itália? Clique no banner abaixo:

O blog ITALIAna é afiliado do Booking, isto significa que de cada reserva feita a partir do blog, recebemos uma pequena comissão. É importante salientar que ao reservar a partir do blog, NÃO HÁ ALTERAÇÃO NENHUMA DO VALOR DO PREÇO, muito pelo contrário! Você pode conseguir tarifas com descontos na maioria dos hotéis. Isto quer dizer que você não pagará nada a mais por isso e ainda estará ajudando a manter o o blog no ar, com conteúdo de qualidade!

Compartilhe!

Sobre o autor

Ana Grassi é especialista em língua, cultura e turismo para a Itália. Fundadora, autora e editora do blog ITALIAna, trabalha como travel designer há 10 anos; isso quer dizer que realiza o sonho dos viajantes que querem conhecer a Itália, com um roteiro personalizado e exclusivo!

2 Comentários

  1. Fabio Ferrari on

    Ana que bom te encontrar aqui. Vou a Italia em Setembro 2018 para conhecer as terras de meus antepassados. Eu descobri que meu trisavô foi batizado em Ferrara, na verdade em uma igreja da comune de Ferrara mas um pouco distante. Quero tambem estudar italiano por 15 dias e tambem vou ao Salone Del Gusto em Torino.

    Vc pode me dar algumas dicas de estadias economicas e escolas de lingua para estrangeiros. Eu ja estudei 1 ano de italiano na Scuola Dante Allighieri em Recife

    • Ana Grassi on

      Oi Fabio! Que bacana este resgate que vai fazer!
      Sugiro a escola Ciao-Italy em Torino.
      Se precisar de um roteiro personalizado, estou à disposição.
      Abraços,
      Ana

Deixe uma Resposta