Se você já viu o comercial do perfume Light Blue, da Dolce and Gabbana, deve ter ficado com vontade de fazer como os modelos e cair naquele oceano azul paradisíaco. Inclusive, este é um excelente adjetivo para o assunto do post de hoje: a Costa Amalfitana, onde o comercial e vários filmes foram gravados.

A Costa Amalfitana é um trecho relativamente pequeno na Itália Central, pertinho de Nápoles. Inclusive, é de lá que muita gente sai para viver momentos inesquecíveis na costa paradisíaca da bota.

Você também poderá gostar:

Dicas para organizar a mala para o verão Italiano!

4 atrações imperdíveis em Nápoles!

Os 8 mercados de rua mais bonitos da Itália!

Gole dell’Alcantara: cânions vulcânicos na Sicília!

Logo de cara, a estrada que abraça a costa entre as cidades de Sorrento e Salerno já é uma grande atração. De fato, o visual é tão magnífico que já foi cenário de muitos filmes, comerciais e passeios incríveis. 

Ao percorrer a costa, você vai desfrutar de falésias, pequenas praias, aldeias de pescadores e muitas moradias enormes. Imagine só, admirar vistas deslumbrantes sobre o mar, vivendo dias felizes com o clima adorável das aldeias da Costa Amalfitana?

Nas próximas linhas, vou falar sobre algumas cidades da Costa Amalfitana. Prepare-se, pois essa é uma viagem dos sonhos de muita gente! Aproveite para seguir o roteiro no mapa, onde vou marcar os principais pontos para você!

Aldeias e Cidades da Costa Amalfitana

Como eu já disse, percorrer a estrada que passa pela costa já é, por si só, um excelente passeio. Mas não pense que vai passar batido pelas aldeias mais charmosas da região. 

Sorrento

O nosso primeiro destino não é oficialmente na Costa Amalfitana, mas é bem pertinho e vale muito a pena conhecer! 

Sorrento fica na Baía de Nápoles, na Península Sorrentina, e tem vista para a Ilha de Capri. Sua posição no topo das falésias, acima da marina moderna, é maravilhosa! Você não perde por esperar até conhecer a Piazza Tasso e seus cafés, um ótimo lugar para relaxar em um dia quente de verão italiano.

O coração de Sorrento emana história pelas ruas estreitas. Caminhando por ali, você vai ver a belíssima Chiesa di San Francesco, um claustro e um convento também dedicados a São Francisco. 

Leia sobre as melhores dicas para conhecer Assis, a cidade de S. Francisco clicando aqui!

Se sua visita for no verão, ainda terá a sorte de assistir aos eventos que acontecem ao ar livre. 

Ilha de Capri

Dizem que a Ilha de Capri é a ilha mais cara da Itália. Ela é famosa por ser um local realmente paradisíaco. Das atrações, acho que a mais famosa é a Gruta Azul. Inclusive, este deve ser o primeiro passeio do dia, pois fica sempre lotado!

Além dos belos passeios naturais, você também pode visitar museus, andar de teleférico e fazer compras em lojas de grife. De fato, muitas atrações podem ser caras, mas você não vai se arrepender! Minha dica é terminar o dia na Piazzetta, tomando um café e admirando o belíssimo visual.

Positano

Positano é uma antiga vila de pescadores que fica acima de paredões. A vila tem uma praia de calhau que é maravilhosa! Nem preciso falar do charme das ruas estreitas, cafés e boutiques, né?.

O porto de Positano é um local especialmente agradável e é ponto de saída para Capri. Mas antes de sair de Positano, não deixe de ver a Chiesa di Santa Maria Assunta. A igreja foi construída na década de 1920 e tem uma bela cúpula de azulejos majólicos, bem como uma imagem bizantina da Virgem Maria do século XIII. 

Roteiros Personalizados

A melhor época para visitar Positano é, sem dúvida, na primavera, quando as temperaturas são agradáveis e as multidões ainda não chegaram (vai por mim, fica muito lotado durante as férias).

Praiano

Praiano é uma pequena aldeia de pescadores que ficou popular no século I, com os antigos romanos. Quem vai até lá, é presenteado com atrações que já agradavam os duques de Amalfi nos tempos medievais.

O cenário é clássico, com casas caiadas de branco, jardins em terraços nas encostas e o infinito oceano azul. Embora existam restaurantes, bares e boutiques, a atmosfera de Praiano ainda é de uma aldeia. 

Quando passar por ali, vá até a Catedral de São Lucas e a Igreja e Convento de Santa Maria. É uma excelente oportunidade para você ver o contraste entre a natureza e as construções feitas pelo homem. 

Ravello

Imagine só: admirar o horizonte com um oceano azul, ao mesmo tempo que toma um café em um jardim europeu. Parece um sonho, não é mesmo? Este sonho é possível em Ravello.

Ravello é um resort no alto, conhecido por seus belos jardins. Os gregos antigos passaram por ali pela primeira vez há 2.600 anos. 

Ravello foi apelidado de Cidade da Música por causa dos concertos e shows que sempre acontecem por ali. 

Amalfi

A Costa Amalfitana ganhou este nome graças a Amalfi. A cidade fica abaixo de penhascos bem íngremes que junto às casinhas coloridas, forma um belíssimo cartão postal. 

Ao admirar este belo cenário, hoje, fica até difícil imaginar que ali já foi uma poderosa república marítima no século IX.

O monumento principal de Amalfi é a Catedral de Sant’Andrea, uma igreja árabe-normanda que fica no centro da cidade. A fachada bizantina possui listras e é super preservada! 

Quando falamos sobre a Costa Amalfitana, fica implícito que as atrações principais são quase sempre as praias paradisíacas. Mas o passeio fica ainda melhor se você consegue ver um pouco da história que se passou no local. Por isso, uma vez em Amalfi, vá ao Museo Arsenale Amalfi. Ele já foi um estaleiro medieval e mostra porque para um amalfitano, ir para o céu é como um outro dia qualquer. 

Maiori

O nome já diz tudo! Em Maiori você vai encontrar as maiores praias da região. Embora exista este fato, o nome de Maiori vem de seu tamanho em relação às outras vilas da região, o que inclusive dá o status de cidade. 

Como resultado, Maiori é um lugar mais animado para programas noturnos do que seus vizinhos. Além disso, ali você vai encontrar restaurantes deliciosos! 

Reza a lenda que Maiori recebe turistas desde os tempos da Roma Antiga. Na verdade, alguns ainda dizem que os gregos antigos e os etruscos também passaram por ali. Já conseguimos saber porque: a beleza natural e o charme da harmonia entre a natureza e a cidade. 

Minori

Minori é uma boa opção para quem quer fugir das multidões. Isso porque sua posição geográfica favorece: ela fica em uma grande enseada. 

A paisagem de Minori já mostra sua atmosfera: um lugar tranquilo, repleto de barcos de pesca feitos de madeira e guarda-sóis que garantem a sombra. Tudo isso em uma cidade costeira, linda e muito charmosa! 

Os romanos antigos freqüentavam a vila e o museu local exibe itens descobertos em uma villa do século I. Minori também fez parte da República Marítima de Amalfi antes de ser derrotada por Pisa. 

Sua história mais recente foi como um ponto de desembarque aliado, durante a Segunda Guerra Mundial. Hoje, Minori produz limões que são usados para fazer o famoso licor Limoncello. 

Atrani

Se você quiser visitar uma vila de pescadores bem tradicional, vai amar A trani. Com uma população de cerca de 1000 habitantes, essa pequena vila fica abaixo de penhascos, pertinho de Amalfi. 

Entre suas atrações estão as igrejas barrocas do século XIII e belas praças com fontes centrais. A Piazza Umberto é um lugar popular para se sentar em um café ao ar livre. Se você tive a impressão de já conhecer o local, pode ser que tenha visto algum dos vários filmes que foram gravados ali.

10 filmes gravados na Itália que vão inspirar sua viagem!

Cetara

Redes de pesca de atum. Assim é traduzido o nome de Cetara. Essa pequena vila é rodeada por pomares de frutas cítricas.

A principal atração de Cetara é a torre de vigia construída no século XVI. A arquitetura, a bela Igreja de São Pedro e a praia isolada são apenas três das razões para você visitar Cetara. 

Aos amantes da boa gastronomia: experimente o atum e anchovas frescos, são uma especialidade local! Além disso, o espaguete regado ao suco de anchova é uma delícia!

Vietri Sul Mare

As cores tomam conta dos olhos ao primeiro olhar sobre Vietri Sul Mare. Os azuis do mar e do céu, junto aos vermelhos, laranjas e, inevitavelmente, os verdes pulsantes de uma natureza paradisíaca. 

Esta vila de pescadores também é famosa por sua cerâmica “Ceramica Vietrese”, que remonta ao século XV. Os contatos comerciais do passado com a Sicília e a Toscana, beneficiaram a economia local e a cerâmica logo foi vista em outros lugares do continente. Hoje, a cerâmica vietrese é exportada para o mundo todo!

Inclusive, se for em Vietri, não perca o Museu de Cerâmica que fica na Torre da Villa Guariglia com vista para o mar e para a aldeia. A Igreja de São João Batista, no final do Renascimento, é um lugar que você deve visitar enquanto estiver lá.

Salerno

Salerno fica no extremo sul da costa de Amalfi e leva o nome da província. Há muita história para ver nesta cidade portuária. Comece com a Catedral com suas impressionantes portas bizantinas, construídas sobre as ruínas de um templo romano. 

De lá, o Castelo Arechi, com suas lindas vistas para o mar, o aguarda como o Museu Medievale del Castello, com exposições de cerâmica e moedas medievais. 

Sem dúvida alguma, visitar a Costa Amalfitana é como sonhar com o paraíso. Na medida em que passamos pelas vilas, conhecemos muito das tradições locais e entendemos um pouco porque o local atrai olhos do mundo todo. 

Você conhece alguma dessas vilas? Conte pra mim nos comentários! 

Leia também:

Parque do Gargano: Um paraíso natural da Puglia!

Lista dos Patrimônios da Humanidade (UNESCO) na Itália!

Gostou deste post? Salve ele no seu Pinterest!

4 COMENTÁRIOS

    • Oi Solimar! É possível, mas você vai encontrar muitos estabelecimentos fechados e não vai conseguir fazer passeios de barcos ou para praias. Alinhando suas expectativas, dá para viajar pra lá no inverno sim! Beijos!

    • Oi Solimar! É possível, mas você vai encontrar muitos estabelecimentos fechados e não vai conseguir fazer passeios de barcos ou para praias. Alinhando suas expectativas, dá para viajar pra lá no inverno sim! Beijos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui