No ápice do inverno italiano, os destinos mais procurados são aqueles de neve: estações de esqui, resorts e lindas cidades montanhas da Itália, como Cortina d’Ampezzo, Piani di Bobbio, Ponte di Legno, entre outras que são invadidas por turistas em busca de um pouco de emoção e vistas de tirar o fôlego.

Mas, no período de inverno, alguns cuidados para dirigir na neve com segurança, especialmente pelas estradas estreitas, sinuosas são fundamentais.

dirigir-na-nevePor isso, entrevistei  Kleber Ricardo Moro, especialista em direção defensiva e coach de pilotagem de Ferrari, da Scuderia Moro Milano.

Com mais de 20 anos de experiência em pilotagem, e 11 anos de conhecimento específico das estradas italianas, por onde realizou vários percursos de moto e de Ferrari, Kleber enumerou 5 dicas importantes para você dirigir na neve sem medo e com a máxima segurança.

5 dicas para dirigir na neve com segurança

Alguém viu meu carro por aí? 5 Dicas para dirigir na neve

#1 Pneus de neve ou correntes

No período de 15 de novembro a 20 de abril, é obrigatório circular com veículos dotados de pneu invernal (gomma invernale) ou corrente para neve (catena di neve).

Kleber explicou que existe uma diferença nas condições para uso de um e de outro.

Basicamente, o pneu invernal garante uma maior aderência nos trechos cobertos por neve fresca. Já a corrente é mais indicada para percursos específicos onde a neve tenha congelado, se transformando em gelo e tornando a pista extremamente escorregadia e sem qualquer aderência.

Ocorre que o pneu de neve pode ser usado mesmo em uma estrada normal, já a corrente somente pode ser usada na neve ou no gelo, uma vez que em uma estrada normal ela vai tornar a direção pesada, lenta e em pouco tempo pode arrebentar.

Assim, o ideal é pedir que o carro seja equipado com as duas coisas para que, na eventualidade de encontrar um trecho de estrada ‘congelado’, seja possível instalar a corrente.

Mas, se tiver que optar por apenas uma delas, o coach recomenda que se opte pelo pneu invernal que pode ser utilizado 90% do tempo de sua viagem. Além disso, a instalação da corrente de neve, para quem não tem prática é bastante difícil.

Portanto, alugue um carro com ‘gomma invernale’!

#2 Controle de tração

Ainda no momento do aluguel do carro, dê preferência para veículos com controle de tração.

No inverno além da neve, você também vai encontrar estradas molhadas pela chuva ou pela elevada umidade, ou ainda trechos de neve congelada.

Esse opcional vai garantir que durante as acelerações normais de percurso, as rodas do veículo não girem com velocidades diferentes uma da outra, devido a pontos de diferente aderência no asfalto, e vai tornar a direção mais segura e estável.

Meu companheiro de aventura pelas montanhas nevadas! 5 Dicas para dirigir na neve

#3 Frenagem suave

Com as estradas molhadas, cobertas de neve ou congeladas, ainda que parcialmente, é fundamental frear de modo suave.

Mesmo com o controle de tração uma frenagem brusca, especialmente em curvas, pode fazer com que os pneus percam a aderência e o carro acabe deslizando e ‘girando’ na pista.  Portanto, evitar freadas bruscas é essencial, para que seu carro tenha maior estabilidade.

Trânsito na neve! Atenção redobrada – 5 dicas para dirigir na neve

#4 Velocidade

Em  qualquer situação é, importante dirigir com prudência e respeitando a velocidade imposta pela sinalização.

Na Itália a maioria das autoestradas têm velocidade limitada a 130Km/h, algumas delas possuem asfalto drenante e exigem a redução da velocidade máxima para 110Km/h em caso de asfalto molhado.

Todavia, em caso de estrada com neve, o coach da Scuderia Moro Milano aconselha velocidades não superiores a 60Km e, em trechos com muita neve pode ser necessário usar velocidades ainda mais baixas 30Km, 20Km e até 10Km em percursos de montanha fechada, com movimento de carros.

Isso é importante porque com a aderência reduzida dos pneus, em razão da neve, o tempo de frenagem acaba sendo maior e fica mais difícil controlar o veículo. Portanto, uma velocidade mais baixa é a garantia de sua viagem será tranquila e segura.

#5 Distância

Depois de um tempo dirigindo na Itália, você vai reparar que a regra da distância de segurança é bem pouco observada pelos italianos. Na verdade eles têm o péssimo hábito de dirigir colados uns aos outros.

Esse costume é um perigo já em uma condição normal de trânsito, mas em uma estrada com neve, água ou gelo é fundamental manter uma boa distância de segurança entre seu carro e o carro da frente.

O especialista Kleber aconselha uma distância de, no mínimo dois carros, entre você e o carro da frente, para ter um maior tempo de reação ou frenagem caso surja uma situação de emergência.

Adepto da direção defensiva, além dessas 5 DICAS BÁSICAS, o coach da Scuderia Moro Milano ressalta que o mais importante é ser prudente e consciente enquanto estiver dirigindo.

Em uma condição extremamente adversa –  como é a de uma estrada com neve – devemos manter sempre um comportamento preventivo e pensar que o motorista da frente pode cometer um erro a qualquer momento. (Kleber Moro)

Portanto, você deve estar extremamente atento a todos os acontecimentos ao redor do carro,  com uma boa distância e uma velocidade moderada para ter tempo de reagir em segurança sem causar um dano maior e claro, nada de usar telefone, responder mensagens ou usar qualquer outro equipamento que possa diminuir sua atenção no trânsito!

A Ana já realizou um coaching de direção de Ferrari e de direção defensiva na neve com o especialista Kleber Ricardo Moro e viajou tranquila pelas estradas de Cortina d”Ampezzo no último inverno, então, siga essas dicas e ‘se jogue’ na neve!

Kleber foi meu coach em duas ocasiões: antes do meu test drive de Ferrari (leia o post aqui e assista ao vídeo aqui) e antes que eu partisse para explorar os Alpes, em uma viagem de 1200 Km dirigindo sozinha em pleno inverno italiano!

Suas dicas foram preciosas e me ajudaram a dirigir com mais autoconfiança e consciência preventiva. (Ana Grassi)

 

Na prática

Coach Kleber Moro: info@driveferrari.it

Scuderia Moro Milão (test drive Ferrari): www.scuderiamoromilano.com

Compartilhe!

Sobre o autor

"Advogada hà mais de 10 anos, apaixonada pelo direito e pela Itália, trabalha com reconhecimento de cidadania italiana, obtenção de vistos e validação de diplomas no Brasil e na Itália. Vive em Milão desde 2009 e acompanha seus clientes durante o processo de cidadania italiana, atuando como facilitadora durante sua adaptação na Itália. Colaboradora feliz e orgulhosa do Blog ITALIAna!"

3 Comentários

  1. Dirigir na neve deve ser bem bacana mas muito perigoso. Mas minha vontade mesmo era pilotar uma máquina vermelhinha que tá ali ao seu lado!!! rsrsrs

    • Ana Grassi on

      Ahahahaha, Antônio, dirigir a vermelhinha é uma experiência magnífica mesmo!!
      Baci,
      Ana

  2. Jeanete Garcia on

    Olá Ana, estou adorando teu blog, vou a Italia pela primeira vez e preciso de toda informação, principalmente por que eu e mau marido temos 67 anos. Você sabe me dizer se existe algum lugar para se guardar malas na estação de Assis. Queria aproveitar de Roma a Florença um dia em Assis, mas estaremos com bagagens.

Deixe uma Resposta