Este roteiro day-by-day foi o que utilizei para apresentar a Itália às minhas filhas, que na época, tinham 7 e 9 anos.

Num primeiro momento pode até parecer que este roteiro é corrido, mas fizemos todo o programado bem tranquilamente e na velocidade delas, entretanto não foi possível entrar em todos os museus, igrejas e galerias das cidades visitadas.

Privilegiamos os bons restaurantes, as caminhadas ao ar livre, a convivência com amigos e parentes e entramos em 2 ou 3 galerias e igrejas imperdíveis.

É um roteiro pela região norte e central da Itália. A cidade mais ao sul que visitamos foi Perugia, decidimos deixar Roma para uma próxima viagem.

  Dia 1 – Milão

– Chegada ao aeroporto de Malpensa às 15:00 horas;

– Ônibus do aeroporto até a Estação Central de Milão;

– Chegada ao ECHO Hotel prevista para às 17 horas (leia sobre o hotel neste post);

–  Jantar no Obikà Mozzarella Bar, na loja de departamentos La Rinascente (leia sobre o restaurante neste post).

 

Dia 2 – Milão/Bolonha

– Visita ao Duomo de Milão;

– Giro a pé pelo centro histórico para ver: Galleria Vittorio Emanuele II, Teatro alla Scala e Quadrilatero da moda;

– Almoço rápido no Café Sant´Ambroeus;

– Trem para Bolonha às 16 horas;

– Chegada em Bolonha às 17 horas;
–  Jantar na casa do meu tio.

 

Dia 3 – Bolonha

– Visita a pé pelo centro de  Bolonha, para conhecer:  Mercato di Mezzo (leia o post aqui), Piazza Ravegnana, Piazza Santo Stefano, Le Due Torri, a Sala Borsa, o Archiginnasio e Igreja de San Petronio.

Leia também:

7 motivos para colocar Bolonha no seu mapa
Onde dormir em Bolonha: Hotel I Portici.
Onde comer em Bolonha: aqui e aqui.

Bolonha: Catedral de San Petronio

 

Dia 4 – Bolonha/Ferrara/Bolonha

– Bate e volta para Ferrara (leia post sobre Ferrara aqui);

– Visita ao Castello Estense e Pallazzo dei Diamanti;

– Almoço na Trattoria La Romantica;

– Não esquecer de comer panpepato!

Ferrara: Palazzo dei Diamanti

 

Dia 5 – Bolonha/Verona/Bolonha

– Visita à pé pelo centro histórico: Casa di Giulietta, Piazza Bra, Piazza delle Erbe, Torre dei Lamberti;

– Almoço na Antica Bottega del Vino;

– Visita à Arena.

Leia roteiro de um dia em Verona aqui.
Leia como foi nosso dia em Verona aqui.

 

Dia 6 – Bolonha/Veneza

– Trem para Veneza às 9 horas, chegada prevista para às 10:30 h;

– Vaporetto para o Lido di Venezia;

– Deixar as malas no Hotel Pannonia (leia aqui sobre o hotel);

–  Passeio pela praia e almoço;

– À tarde passeio pelaPiazza San Marco: igreja de San Marco, Campanile, café no Florian;

– Passeio pela Riva degli Schiavoni e happy hour no Harry´s Bar (Bellini!!!).

Venezia à noite!

 

Dia 7 – Venezia

– Passeio de vaporetto pelo Canal Grande;

– Visita à Ponte Rialto e mercado de peixes;

– Visita à fábrica de máscaras venezianas e à oficina de um dourador;

– Almoço;

– Passeio a pé pelas ruelas de matar de lindas;

– Passeio de gôndola às 17 horas.

Dia 8 – Venezia/Adria/Padova

– Trem para Adria pela manhã;

– Chegada para o almoço na casa do meu tio;

– À tarde visita à igreja de Santo Antônio de Padova;

– Jantar em Padova.

Ruínas da casa do meu avô em Adria

 

Dia 9 – Adria/Bolonha

– Passeio por Adria e visita às ruínas da antiga casa dos meus avós

– Visita à igreja construída pelos meus avós.

– À tarde, trem para Bolonha, hospedagem no Hotel Mercure, em frente a estação.

Conselho super útil: leve uma bagagem pequena para Venezia. Eu deixei todas as malas na casa do meu tio em Bolonha e depois voltei para busca-las. Se você não tiver um tio em Bolonha, use o guarda bagagem da estação de trem Sta Lucia em Venezia.

Dia 10 – Bolonha/Florença

– Trem parte de Bolonha às 9:30 h e chega em Firenze às 10:05h.

– Check in no Hotel Villa dei Medici, leia sobre o hotel aqui;

– almoço no Mercato;

– passeio à pé pela cidade: visita ao Duomo, Piazza dela Republica, Piazza dela Signoria, Ponte Vecchio;

– Às 17 horas visita agendada à Galleria dell´Accademia para ver o Davi de Michelangelo;

– Jantar no Hard Rock Café.

Passeio de carruagem em Florença

 

Dia 11 – Florença/Pisa/Florença

– Bate e volta para Pisa – leia aqui para saber como subir na torre;

– Subir na torre às 11:30;

– Entrar na igreja;

– Descanso na Piazza dei Miracoli;

– Almoço no Ristorante La Pergoletta;

– Retorno à Firenze;

– Comprinhas na Farmacia Santa Maria Novella e La Rinascente

Dia 12 – Florença/Perugia

– Manhã livre para dormir, caminhar;

– Trem na hora do almoço;

– Chegada em Perugia às 16 horas, check in no Hotel Brufani e piscina no hotel (leia aqui sobre o hotel que nos hospedamos);

– À noite, jantar na Pizzeria Mediterraneo e passeio pelo Corso Vanucci.

Leia aqui os motivos para alfinetar Perugia no seu mapa.

Passeio em Perugia

 

Dia 13 – Perugia/Assisi/Perugia

– Trem pela manhã para Assis;

– Visita à Porziuncola;

– Almoço na Trattoria La Stalla;

– Passeio a pé pelo Monte Subasio;

– Visita à Basilica di Santa Chiara,  Basilica di San Francesco e Chiesa di San Ruffino;

– Volta à Perugia e jantar no restaurante do hotel.

Leia aqui: 8 dicas inéditas de Assis.

 

Dia 14 – Perugia

– Dia dedicado a comer chocolate na Eurochocolate!

– City tour pela cidade de Perugia.

Leia aqui 7 motivos para colocar Perugia no seu mapa.

 Dia 15 – Perugia/Milão

– Trem parte de Perugia às 10:00h e chega em Milão às 14:40h;

– Ônibus para aeroporto;

– Chegada ao aeroporto às 16:00 e check in. Vôo parte às 20:30h.

Espero que tenham gostado e que este roteiro seja uma inspiração para a sua viagem!

Aguarde! Este ano nós estaremos na Itália de novo com um roteiro novinho em folha e traremos muitas novidades!!

Até a próxima!

Leia sobre nossa viagem de 2014 aqui.

As ItaliAninhas!

Compartilhe!

Sobre o autor

Ana Grassi é especialista em língua, cultura e turismo para a Itália. Fundadora, autora e editora do blog ITALIAna, trabalha como travel designer há 10 anos; isso quer dizer que realiza o sonho dos viajantes que querem conhecer a Itália, com um roteiro personalizado e exclusivo!

Deixe uma Resposta