Greve in Chianti

O território do Chianti clássico – produtor de vinhos –  fica na região da Toscana e é formada por 9 comuni (ou cidades), localizadas entre as províncias de Firenze e Siena.

Greve in Chianti é É considerada a porta de entrada e o coração desta região. Encontra-se ao longo da estrada estatal SR222, a também chamada Via Chiantigiana, a 30 quilômetros de Firenze e 40 de Siena.

Estrategicamente posicionada, é o lugar ideal para uma pausa para o almoço durante sua visita pelas colinas ou  se você estiver indo de Firenze para Siena ou vice-versa.

O símbolo do Chianti Classico é um galo preto, o já famoso Gallo Nero; e este também é o nome do meu  restaurante preferido da cidade.

enoteca gallo nero

IMG_0569_586x793

IMG_0572_561x793

Gallo Nero Enoteca e Ristorante

Na verdade, este não é um restaurante qualquer, é “O RESTAURANTE” da cidade.

Administrado por uma família: Duilia, com seus lindos 82 anos e sua filha Lucia, seu marido Saro e seus filhos Lisa e Francesco, os proprietários são pessoas comprometidas com a região e se mantem fiéis aos seus produtos e tradições gastronômicas.

A carne, especialidade da casa possui  os cinco “I”, isto quer dizer que é provenioente de um animal nascido na Itália, crescido na Itália, abatido na Itália, distribuído na Itália e, finalmente, consumido na Itália.

As massas, estendidas à mão por dona Duilia, usa somente ovos frescos, “os mais amarelinhos” segundo ela. Já está com água na boca?

A carta de vinhos possui inúmeras opções – a maioria do Chianti – e ali você também pode comprar vinhos para trazer para casa.

O ambiente é acolhedor e elegante, em tons de vermelho, toalhas de linho e cadeiras estofadas, é o local ideal para descansar um pouco, antes de continuar a viagem.

Eu fui ao restaurante após visitar a Cantina Antinori (leia o post aqui).

DICA DA ANA:  se você tirou o dia para visitar vinícolas, acho uma boa ideia visitar uma delas pela  manhã, almoçar numa cidade pequena, fazer uma caminhada e depois visitar mais duas ou três no período da tarde.

Pedi bruschetta al pomodoro fresco de antepasto; uma massa feita em casa com molho de carne de javali – le papardelle con cinghiale –  como primeiro prato (foi a primeira vez que comi javali e caí de amores por ele!).

Experimentei a bisteca fiorentina, mas meu segundo prato foi uma tagliata di carne. De sobremesa, fui de tiramisù, só para variar, mas a torta de maçã também estava divina!

Lucia, gentilíssima, também nos trouxe flores de abobrinha fritas e empanadas de cortesia para experimentarmos. Tão boas! Sugeri que ela viesse para o Brasil para fazer as abobrinhas, eu faria a caipirinha e faríamos muito sucesso. Garantido!

IMG_0573_600x448

 

IMG_0574_600x448

IMG_0575_600x440

IMG_0577_600x442

IMG_0578_600x448

IMG_0580_600x448

Agora o melhor de tudo: para obter um desconto de 10% na conta (bebidas excluídas), basta dizer que é leitor do blog ItaliAna!!!

NA PRÁTICA:

Enoteca e Ristorante Gallo Nero
Via Cesare Battisti, 9 – Greve in Chianti

Compartilhe!

Sobre o autor

Ana Grassi é especialista em língua, cultura e turismo para a Itália. Fundadora, autora e editora do blog ITALIAna, trabalha como travel designer há 10 anos; isso quer dizer que realiza o sonho dos viajantes que querem conhecer a Itália, com um roteiro personalizado e exclusivo!

Comentários estão fechados.