Ponte di Legno-Tonale é um enorme e tecnológico complexo de esportes de inverno do Norte da Itália. Localiza-se entre as regiões da Lombardia e do Trentino Alto-Adige, dentro de parques nacionais selvagens e incontaminados. Um mundo de neve…

Ponte di Legno-Tonale

Ponte di Legno-Tonale é uma área gigantesca que compreende dois parques nacionais – Parque Nacional do Stelvio e Parque do Adamello – e cujo eixo turístico principal é Ponte di Legno-Passo Tonale. A natureza é exuberante e será fácil você encontrar pelo caminho cervos, cabras, antílopes e marmotas.

adamello-ski-12

Vista da janela do meu quarto – La Tana dell’Orso, Ponte di Legno

Ponte di Legno é a capital turística desse complexo e uma das cidadezinhas mais famosas dos Alpes.

Passo del Tonale era a divisa entre a Itália e o Império Austro Húngaro e a Guerra Branca aconteceu ali entre os anos de 1915 e 1918. É possível ver ainda restos de trincheiras, fortes e vilas militares durante os percursos de trekking ou itinerários de bicicleta.

Eu me hospedei em Ponte di Legno, no hotel La Tana dell’ Orso e, na minha opinião, ali é o melhor local para ficar. O hotel é bem localizado, o centrinho com bons restaurantes e lojas está a menos de 2 Km de distância  e a pista de esqui passa, literalmente, no quintal do hotel.

Adamello SkiO centro é bem pequeno e dá para fazer tudo a pé, mas também é muuuito charmoso, com vários cafés e lojas de produtos típicos das montanhas.

 adamello-ski-2adamello-ski-4

Esportes o ano inteiro

Ponte di Legno-Tonale é o lugar certo para os amantes de esportes, de aventura e para quem gosta de viver a natureza de uma maneira estimulante.

Nem só de esqui vive o complexo! Durante todo o ano são inúmeras as propostas de esporte ao ar livre: esqui, esqui alpino, snowshoeing, mountain bike, alpinismo, trilhas de downhill, caça, pesca, golfe, rafting… a emoção não para!

Para você ter uma ideia, ali passa a prova de ciclismo mais importante de toda a Itália: o Giro d’Italia; e é ali que estão as duas subidas mais temidas de todos os mortais: passo Gavio e passo Mortirolo. Longas e muito inclinadas.

Escola de esqui

Mas, como eu estava lá no inverno, claro que decidi praticar os esportes invernais! Me matriculei numa escola de esqui para minhas primeiras aulas. Olha, isso merece um post separado…mesmo sendo bailarina e tendo as pernas fortinhas, garanto que não foi nada fácil aprender a me equilibrar com os esquis nos pés.

Só pra resumir aqui: na pista de iniciantes mesmo, o instrutor tirou os bastões da minha mão e aí o negócio pegou. Desci a montanha desgovernada e acabei torcendo os dois joelhos…

Mas sobrevivi e amei a experiência. Está nos meus planos voltar para a escolinha…

adamello-ski-14

Para se matricular nos cursos da escola “Sci Ponte-Tonale”, clique aqui

As pistas

Ponte di Legno – Tonale possui 110 Km de pistas de esqui interligadas entre si. Isso quer dizer que você não precisa tirar os esquis dos pés para ir de uma pista a outra!

Para informação sobre as condições da pista em tempo real, clique aqui.

As pistas de Ponte di Legno são mais difíceis e aconselhadas para esquiadores que já tenham uma certa experiência, pois são desenhadas em meio aos bosques. Estas pistas são ligas às pistas de Temù, que são mais panorâmicas e largas, ideais para iniciantes.

adamello-ski-10O ponto mais alto (3016 metros) da cadeia de montanhas é Presena, a 11 Km de Ponte di Legno. Lá encontra-se a pista mais perigosa e longa do mundo: a pista Paradiso, uma pisa para quem sabe esquiar muuuuuuito!

adamello-ski-6Também é ali, que em dias claros você poderá avistar a mais extensa geleira dos alpes italianos. Infelizmente quando eu fui, o tempo estava muuuito nublado e nevava demais. Fiquei sem ver! Se você for e conseguir fotografar, me mande a foto, per favore!

O segundo ponto mais alto para a prática de esqui é Passo Tonale (2600 a 1900 metros). É o ponto mais agitado também e onde você vai encontrar escolas e lojas para aluguel de equipamentos para esquiar.

adamello-ski-7O lugar ideal para ir em famílias e com crianças, inclusive bebês. Existe uma área chamada Fantasky, com baby sitters que cuidam dos bebês para os pais poderem esquiar juntos. O Snowpark é dedicado para crianças maiores, que já tem idade para começar a escolinha de esqui.

Para se esquentar no alto das montanhas, existem Refúgios quentinhos, com ótima comida e um vinho quente delicioso! Não deixe de provar! Eu gostei muito do Refúgio Ristorante Capanna Valbione.

adamello-ski-11

adamello-ski-5

Almocei com uma vista do lago semi congelado – Adamello Ski

Na prática

Skipass: para usar todos os teleféricos  e pistas do complexo, é necessário adquirir  o Skipass. É possível compra-lo somente para algumas horas ou para toda a estação invernal. Para comprar e ver os valores atualizados, clique aqui.

Snowpark: Clique aqui para conhecer o Snowpark Tonale

Escola de esqui Ponte di Legno – Tonale: clique aqui para conhecer os pacotes e cursos oferecidos

Onde comer: o melhor restaurante da cidade é, sem dúvida, o restaurante do chef Marco Bezzi, o San Marco, como ele também gosta e ser chamado, rsrsrs…Leia aqui o review do restaurante.

Ristorante Valbione – é um refúgio em cima da montanha. Para chegar até lá, basta pegar o teleférico Valbione, que para bem pertinho da entrada do restaurante.

Onde dormir : La Tana dell ‘Orso, Ponte di Legno. Leia aqui em breve o review do hotel.

Salvar

Salvar

Salvar

Compartilhe!

Sobre o autor

Ana Grassi é especialista em língua, cultura e turismo para a Itália. Fundadora, autora e editora do blog ITALIAna, trabalha como travel designer há 10 anos; isso quer dizer que realiza o sonho dos viajantes que querem conhecer a Itália, com um roteiro personalizado e exclusivo!

Deixe uma Resposta